Concordância do Particípio Passado

Por Leandro Cabral
Este é um ponto da ortografia tão difícil para os brasileiros quanto para os próprios franceses. Entretanto, não é tão arbitrário quanto se pensa; há certas regras que devem ser conhecidas.

1. Auxiliar “avoir”

Com o auxiliar “avoir”, é a localização do complemento de objeto direto (COD) que conta.

- se não há COD, não há concordância.

Ex: Elle a beaucoup mangé (Ela comeu muito);

- se o COD está localizado depois do verbo, não há concordância.

Ex: Elle a rencontré son père (Ela encontrou seu pai).

- se ele está localizado antes do verbo, faz-se a concordância entre o COD e o particípio.

* Em que casos isso é possível?

- quando o COD é um pronome pessoal;

- quando o COD é um pronome relativo;

- nas frases interrogativas;

- nas frases exclamativas.

* Observações:

> Existem alguns casos particulares onde o particípio fica invariável.

- No caso dos verbos impessoais: il y a, il faut (há, deve-se) etc.

- No caso dos verbos seguidos do infinitivo (expresso ou subentendido);

- Quando o COD é o pronome EN (vide artigo);

- Quando se trata de um falso COD que exprime uma idéia de quantidade.

2. Auxiliar “être”

Com o auxiliar “etre”, em geral faz-se a concordância do particípio com o sujeito do verbo.

Ex: Elles sont sorties à neuf heures.

* No caso dos verbos pronominais, fica um pouco mais complicado.

Todos os verbos pronominais se conjugam com o auxiliar “être”. Então, em princípio, será feita a concordância do particípio com o sujeito.

- É o caso dos verbos “essencialmente pronominais”.

Ex: Elle s’est absentée (Ela se ausentou).

- Ou dos pronominais com sentido passivo.

Ex: Le noir s’est beaucoup porté cet hiver (Usou-se muito o preto neste inverno).

! – Mas existem duas grandes exceções a esta regra geral:

> O particípio passado fica invariável se o verbo pronominal é seguido de um complemento de objeto direto;

> O particípio fica invariável se o verbo, quando ele está na forma não pronominal, se constrói com a preposição “À”, como: téléphoner à, plaire à, parler à, sourire à (telefonar a, agradar a, falar com, sorrir a) etc.