Pronomes Relativos – Formas Compostas

Por Leandro Cabral
O pronome relativo é uma palavra que substitui um nome (substantivo), outro pronome ou uma preposição inteira. Ele serve para ligar duas proposições: a proposição principal e a proposição subordinada relativa.

Geralmente, o pronome relativo deve seguir imediatamente seu antecedente, mas quando o antecedente faz parte de um complemento do nome, o relativo é separado de seu antecedente pelo verbo ou pelo complemento do nome.

O antecedente é geralmente:

- um nome ou um grupo de nome;

- um pronome pessoal ou demonstrativo;

- um advérbio de lugar;

- uma preposição inteira.

O pronome relativo toma o gênero e o número de seu antecedente. Ele toma formas diferentes segundo suas funções.

* Formas:

> Preposição + QUI ou LEQUEL, LESQUELS, LAQUELLE, LESQUELLES (que, o qual, os quais, a qual, as quais) para os animados;

Preposição + LEQUEL, LESQUELS, LAQUELLE, LESQUELLES (que, o qual, os quais, a qual, as quais) para os inanimados;

Os pronomes lequel, lesquels, laquelle, lesquelles são formados pelos artigos definidos le, la, les (vide artigo) + quel(le)s.

à + lequel = auquel ; (ao qual)

à + laquelle = à laquelle ; (à qual)

à + lesquels = auxquels ; (aos quais)

à + lesquelles = auxquelles ; (às quais)

de + lequel = duquel ; (do qual)

de + lesquels = desquels ; (dos quais)

de + lesquelles = desquelles. (das quais)

> Preposição + QUOI

O antecedente é sempre um pronome neutro ou uma proposição.

- um pronome neutro: ce, quelque chose, autre chose, rien. (este, alguma coisa, outra coisa, nada.).

Ex: Voilà ce pour quoi je suis arrivé plus tôt. (Eis o porquê eu cheguei mais cedo.).

- uma proposição:

Ex: Habillez-vous, après quoi nous pouvons sortir. (Vista-se, depois do que poderemos sair.).

* A presença ou ausência do pronome CE antes do grupo “preposição + pronome relativo QUOI” poderia ser explicada desta maneira:

- O pronome CE pode estar presente quando a preposição é simples, monosilábica. Ex: ce pour quoi (este porquê)

- Ele é ausente quando a preposição comporta mais de uma sílaba ou quando ela é composta ou quando elle possa parecer cacofônica com tal pronome.

Ex: après quoi, grace à quoi. (depois do que, graças à que)

! – Não confunda os pronomes relativos com os pronomes interrogativos (vide artigo)

Ex:

1. Pronome interrogativo: qui est venu hier? (quem veio ontem?)

2. Pronome relativo : Je suis la personne qui est venu hier. (eu sou a pessoa que veio ontem)

1. Pronome interrogativo: que veut-elle? (o que ela quer?)

2. Pronome relativo: il devine ce que nous voulons (ele adivinha o que nós queremos).