Geografia do Pará

Por Thais Pacievitch
O Estado do Pará, segundo maior estado do Brasil, está localizado no centro da região norte do Brasil. Seus limites são os seguintes: estado do Amapá e o Suriname (Norte); Mato Grosso (Sul); Maranhão (Leste); Amazonas (Oeste); Oceano Atlântico (Nordeste); Tocantins (Sudeste) e estado de Roraima e Guiana (Noroeste). A extensão territorial do Pará é de 1.248.042,515 km², divididos em 144 municípios. A capital do estado é Belém, e fica localizada ao Norte do estado.

O relevo do estado é predominante baixo e plano. Mais de 80% do território tem altitude de até 300 metros, sendo que destes, mais de 50% são de planícies com altitude de até 200 metros, em relação ao nível do mar. Na planície litorânea, as falésias variam entre 05 e 20 metros de altura. As maiores altitudes são encontradas nas serras de Carajás, Caximbo e na serra do Acari, a maior do estado, com 906 metros de altitude.

A vegetação do Pará é predominantemente comporta pela floresta Amazônica (floresta tropical pluvial). Em mata de terra firme são encontradas as castanheiras, enquanto em áreas de mata de várzea, encontram-se as seringueiras. No baixo planalto de Santarém, encontra-se uma área de Cerrado. Na Ilha do Marajó e nas várzeas de alguns rios são encontrados campos limpos. Ao longo do litoral são encontrados mangues. A fauna, típica da Amazônia, é riquíssima. Vários animais dessa região estão ameaçados de extinção, como o lobo guará, a ariranha, algumas espécies de tartarugas e o peixe-boi. O mesmo ocorre com os peixes, pois a pesca na região é pouco fiscalizada, o que favorece a pesca predatória.

O clima do estado é equatorial, ou seja, quente e úmido. As chuvas são constantes, com ausência de estação de secas. Considerando as precipitações pluviais, o clima da região é marcado por duas estações: o verão, de julho a outubro (temperaturas máximas próximas de 35°C); e o inverno, de novembro a junho (temperaturas mínimas próximas de 19°C). O inverno é a estação das grandes chuvas. A temperatura média anual é de 26°C.

Os rios que cortam o estado pertencem a três bacias hidrográficas: Bacia Amazônica, Bacia do Nordeste e Bacia Tocantins-Araguaia. Os principais rios do estado são: Amazonas, Tocantins, Tapajós, Xingu, Jari e Pará.

As maiores cidades do estado, além da capital Belém, são as seguintes: Santarém, Marabá, Altamira, Castanhal, Abaetetuba.

Referências:
SARDA, Marcos Marçal. Pará. Disponível em: http://www.coladaweb.com/geografia-do-brasil/estados-brasileiros/para Acesso em 12 jan. 2011.

PARÁ. Disponível em: http://www.brasilchannel.com.br/estados/index.asp?nome=Par%E1&area=quadro-natural Acesso em 12 jan. 2011.