Geomática

Geomática é o nome dado a um ramo do conhecimento relativamente novo que consiste na coleta, processamento e produção de informações geográficas e também projeções físicas bem como sua futura catalogação para uma efetiva e racional utilização das informações coletadas.

O termo surgiu com B. Dubuisson em 1969, baseado na utilização de ferramentas e técnicas de engenharia geográfica, sensoriamento remoto, GIS (Sistema de Informação Geográfica), Sistemas Globais de Navegação por Satélite (GPS, GLONASS, GALILEO, COMPASS), fotogrametria e outras formas similares de mapeamento terrestre.

De acordo com a definição dada pelo Website da Universidade de Calgary (EUA), na página intitulada "O que é Engenharia Geomática"? (ou simplesmente Geomática):

"Engenharia Geomática é uma disciplina moderna que reúne captação, modelagem, análise e manuseio de informações geográficas, informação identificada de acordo com sua localização. Baseada no escopo da geodésia, a geomática utiliza sensores terrestres, aéreos, marítimos e baseados em satélites com o objetivo de coletar dados geográficos e similares. O processo inclui o manuseio e transformação (montagem, composição, confecção) de informações de diferentes fontes de maneira a compor um único e comum repositório de dados de alta definição." ( http://www.geomatics.ucalgary.ca/about/whatis )

O objetivo principal da geomática é o de constituir um referencial o mais fiel possível da realidade de determinado terreno. Os principais métodos existentes são:

  • a) fotografia aérea, onde cada área é mapeada, optimizada e limpa de eventuais imperfeições óticas, distorções de coordenadas, e enfim agrupada com outras imagens similares, compondo um painel. Tal correção e melhoramento das imagens é chamado ortofotografia. Já a ciência de reagrupagem das várias imagens extraídas é denominada fotogrametria;
  • b) imagens via satélite (exemplos: ''Spot'', ''Landsat'', ''Ikonos" entre outros) extraídas através de teledetecção;
  • c) a análise direta do relevo in loco, feita através de métodos de topografia, e catalogados através do auxílio de terminais equipados com sistema de GPS (Global Positioning System) que permitem o acesso a informações em tempo real do objeto geográfico e dados de sua localização.
  • d) a catalogação e digitalização de documentos em papel já existentes, como por exemplo censos populacionais, cadastros com funções de cobrança, recenseamento, pesquisa e tomada de decisões por parte do poder público entre outros.

O campo da geomática pode incluir entre seus estudos os da:

  • Geodésia
  • Engenharia geográfica
  • Mpeamento
  • Navegação (orientação direcional)
  • Localização
  • Cartografia
  • Sensoriamento remoto
  • Fotogrametria
  • Varredura a laser aérea e terrestre
  • Global Positioning System - GPS
  • Hidrografia
  • Redes

A geomática também se conecta com outros campos de estudo e aplicações práticas, em especial:

  • Clima biofísico;
  • Manejo e utilização agrária;
  • Planejamento urbano;
  • Planejamento agrário (incluindo reforma agrária);
  • Escaloneamento infraestrutural;
  • Controle de infraestrutura;
  • Monitoramento e desenvolvimento de recursos naturais;
  • Mapeamento e controle de zonas costeiras;
  • Escavações arqueológicas e pesquisas para aplicações de GIS (Geographic Information System);
  • Informatização de catástrofes, para detecção, monitoramento e resposta a possíveis desastres naturais;
  • Serviços de navegação aérea;

Bibliografia

http://www.geomatics.ucalgary.ca/about/whatis - Website da Universidade de Calgary (EUA), na página intitulada "O que é Engenharia Geomática"? (em inglês)

http://pt.wikipedia.org/wiki/Geomática - página da Wikipedia em português, verbete ''geomática"

http://geocaa.blogspot.com/ - página Geomática Educativa (em espanhol)

Arquivado em: Geografia