Epirogênese

Epirogênese (do grego epeiros= continente e genesis= formação), é um termo cunhado por Gilbert (1890), para se referir a um conjunto de processos que resultam no movimento da crosta terrestre, no sentido ascendente ou descendente. Há um deslocamento vertical de grandes áreas continentais, sem falhamentos e fraturamentos significativos. Quando este deslocamento é para cima chamamos de soerguimento e para baixo subsidência.

A epirogênese atinge vastas áreas continentais de forma lenta, ocasionando regressões e transgressões marinhas. Ela acontece em função de acomodações isostáticas entre a costa continental e a astenosfera.

Esta se diferencia-se da orogênese, que ocorre em áreas estreitas e longas, onde são formadas as cordilheiras sendo causadas pelo processo de convergência de duas placas tectônicas. A epirogênese atinge áreas continentais formando arqueamentos, intumescências ou abaciamentos de grandes conjuntos geológicos. Os arqueamentos podem ser maiores num ponto e menores em outros, assim como podem haver levantamentos em um lugar e rebaixamentos em outros. A lentidão desses movimentos dificulta seu reconhecimento, carecendo-se também de um ponto de referência fixo que possibilite a mensuração de extensão do fenômeno.

As principais análises da epirogênese são feitas à beira do mar, porque, além de o nível do mar poder ficar fixo por muito tempo, seus movimentos de subida e descida já são bem conhecidos.

Os movimentos do nível do mar são chamados de eustáticos, podendo ser de dois tipos: de transgressão, quando o nível do mar se eleva sobre os litorais fixos, invadindo os continentes e de regressão, quando o nível das águas baixa sobre uma plataforma litorânea fixa. Em ambos os casos não houve epirogênese porque foi o nível do mar que se alterou. As causas da variação do nível do mar são conhecidas como: tectonismo marinho e modificações paleoclimáticas. Como pôde ser visto é grande a dificuldade de pesquisa dos movimentos epirogenéticos.

Soerguimento

Ocorre devido a:

  • O encontro de duas placas continentais, na orogênese, pode provocar grandes arqueamentos positivos no ante país, levando movimentos a epirogenético.
  • Remoção da cobertura de gelo em épocas interglaciais.
  • Processo de denudação das áreas cratonizadas continentais.

Subsidência

Ocorre devido a:

  • Cobertura por gelo em épocas glaciais.
  • Cobertura por grande quantidade de materiais magmáticos oriundo de vulcanismo, como depósitos de lavas, cinzas e material piroclástico.

OBS: subsidência local pode ocorrer devido ao rebaixamento do lençol freático ou por abatimento do terreno em regiões de rochas calcárias, mas não são chamadas de epirogenéticas, pois são devidas à acomodação do material local, não atingindo grande profundidade e a litosfera como um todo e sem a interveniência da astenosfera.

Bibliografia:
http://www.dicionario.pro.br/dicionario/index.php/Epirog%C3%AAnese - Dicionário Livre de Geociências - Epirogênese
http://ig.unb.br/glossario/verbete/epirogenese.htm - Home Page Glossário Geológico - Epirogênese

Arquivado em: Geologia