Vulcão

Licenciada em Geografia (UFG, 2003)

Vulcão é uma abertura na crosta terrestre (camada superficial da Terra) por onde são expelidos para a superfície materiais originários do manto. Estes materiais, em geral, surgem em estado líquido-pastoso e incandescente recebem o nome de magma. É um material presente na camada imediatamente abaixo da crosta terrestre – o manto. No entanto, da fenda do vulcão, também podem ser emitidos materiais gasosos, poeira e rochas em estado sólido.

Foto de um vulcão em erupção.

Vulcão em atividade. Foto: USGS / via Wikimedia Commons

Como surge um vulcão?

Para compreender o surgimentos dos vulcões é necessário que saibamos que a crosta terrestre é constituída por placas litosféricas, também chamadas de placas tectônicas. As placas tetônicas são blocos gigantescos que compõem a litosfera e sobre os quais estão os continentes e oceanos. Estas placas estão em movimento, se afastam e colidem. Os vulcões surgem, em geral, nos pontos de contato entre as placas tectônicas.

Partes de um vulcão

O edifício vulcânico é a montanha ou estrutura que formam o vulcão.

Já a cratera é a “boca” do vulcão onde o material entra em contato com a superfície.

A chaminé vulcânica é caminho por onde o magma em estado líquido ou semilíquido passam até atingir a cratera.

Partes de um vulcão. Ilustração: corbac40 / Shutterstock.com [adaptado]

Classificação

Nem todo vulcão tem o topo pontiagudo e lança lava de maneira explosiva e assustadora. Vejamos a seguir como podem ser classificados os vulcões:

Quanto ao nível de atividade

  • Vulcão Ativo – são vulcões com distintos níveis de atividade. Há desde os vulcões que entram em erupção frequentemente e provocam grandes explosões até os que passam longos períodos sem atividade e emitem apenas pequenos volumes de gases.
  • Vulcão Extinto – estrutura em que se detecta que já houve atividade vulcânica, no entanto, sabe-se que a formação rochosa não entrará mais em erupção.

Quanto ao formato

  • Vulcões escudo – em geral, estão afastados do encontro das placas tectônicas e expelem materiais de forma mais lenta, formando planaltos extensos por onde a lava se deposita. É o caso dos vulcões do Havaí.
  • Estratovulcões – são os vulcões em forma de cone, em geral têm erupções explosivas, que emitem grande quantidade de gases e poeira.

Vulcão debaixo d’água?

Também podem surgir vulcões no fundo dos oceanos. Depois de sucessivas erupções e consequente resfriamento e consolidação do magma, este vulcão pode atingir a superfície e formar uma ilha ou conjuntos de ilhas. É o caso das ilhas de Fernando de Noronha no Brasil e do arquipélago do Havaí no Oceano Pacífico. A ilhas formadas por extrusão do magma são chamadas de ilhas vulcânicas.

Anel de Fogo do Pacífico

No oceano Pacífico encontra-se um alinhamento de vulcões conhecido como Anel (ou Círculo, ou ainda Cinturão) de Fogo. Essa linha coincide com o encontro da placa tectônica do Pacífico e outras placas menores, e há uma significativa quantidade de vulcões. Existe uma enorme variação no nível de atividade destes vulcões. Nessa linha estão vulcões do Japão, sudeste asiático e oeste das Américas.

No Brasil tem vulcão?

Não mais, é a resposta. Em nosso país não há, na atualidade, vulcões em atividade. As ilhas de Fernando de Noronha, São Pedro e São Paulo, Abrolhos têm sua gênese nas últimas atividades vulcânicas no litoral brasileiro.

Há no Brasil, na porção leste, diversos terrenos originados no período em que havia atividade vulcânica na porção continental do território brasileiro. Esses terrenos produziram solos extremamente férteis para a prática de atividade agrícola.

Referências:

Geografia Crítica – 6° ano - VESENTINI, J. W., VLACH. V. Editora Ática. São Paulo. 2006.

Guia do Estudante – GOETTEMS, Arno Aloísio – Vestibular + Enem – 2017 – Editora Abril.

Tectônica de Placas – LAPA – UFRR - http://ufrr.br/lapa/index.php?option=com_content&view=article&id=%2094

Sociedade Brasileira de Geologia – Simpósio de Vulcanismo - http://www.sbgeo.org.br/home/news/49

Arquivado em: Geografia, Geologia