Geografia da Guiana Francesa

A Guiana francesa está situada ao norte da América do Sul, sua extensão territorial é de 89.150 Km² (dos quais 12.500 km² são a Guiana propriamente dita, o restante forma o território interno de Inini). Este país limita ao norte com o oceano Atlântico, ao sul e ao leste com o Brasil e a oeste com o Suriname. O perímetro de suas fronteiras soma 1.183 km e sua faixa litorânea mede 378 km.

A Guiana Francesa é um país plano com poucas colinas, a máxima altitude ocorre em Bellevue de Inini e é de 851 metros. O relevo se eleva desde a faixa costeira até as terras altas do sul, passando por uma planície de transição (situada no centro do país), onde se combinam os granitos do escudo guianês (ou maciço das Guianas) e os depósitos fluviais. No extremo sul, estão localizadas as cadeias montanhosas Eureupogcigne e Oroye.

Os rios são de escassa longitude, bastante caudalosos, de vital importância para chegar ao interior do país e desembocam no oceano Atlântico. Os rios mais importantes são: Mana, Sinnamary, Approuague e Oiapoque.

O clima é tropical, portanto, bastante chuvoso, quente e úmido na grande maior parte do ano. Os furacões que são gerados no oceano atlântico dificilmente chegam à Guiana Francesa. A temperatura média daquele país é de 27°C e as precipitações superam os 3.000 mm anuais. Um dia típico na floresta da Guiana Francesa é muito quente durante o dia e chuvoso no final da tarde.

A flora é característica da floresta tropical, quer dizer, extremamente diversificada e densa (como acontece no Brasil). A maior parte do país (mais de 90% da superfície) está coberta por uma floresta tropical densa que fica ainda mais impenetrável na proximidade dos rios. Calcula-se que existam na floresta equatorial mais de 60.00 espécies de árvores (algumas delas centenárias como o ébano), com alturas que podem ultrapassar os 80m.

Os manguezais cobrem grande parte do litoral e, por tratar-se de um ecossistema extremamente frágil, o eco turismo tem se desenvolvido lenta e planejadamente na região costeira. Existem quatro tipos diferentes de manguezais naquele país, dentre os quais o vermelho e o branco. Atrás do mangue, a planície litorânea alberga a palmeira tucúm, seus frutos permitem a elaboração de um caldo tradicionalmente consumido na época de natal.

Na fauna da Guiana Francesa é possível encontrar enormes variedades de peixes, aves, répteis, insetos e mamíferos. Animais dentre os quais podemos destacar a onça-pintada, araras e papagaios, serpentes, antas, tatus, jacarés e macacos.

Arquivado em: Geografia, Guiana Francesa