A Propaganda Nazista

Por Fernando Rebouças
Fazer uma propaganda popular, feita para as massas e repetitiva era o objetivo constante de Hitler. A propaganda nazista buscava atingir o emocional das grandes massas, gerar uma concepção apaixonada sobre a mensagem emitida.

Na propaganda nazista predominou a cinematografia, o crescimento político do partido nazista deveu-se a intensa utilização do cinema, segundo o ministro da Propaganda de Hitler, Goebbels, o cinema era o meio mais moderno de influenciar a população na época.

Foram produzidos cerca de 1.350 longas-metragens nos doze anos de nazismo. A produção abrangia comédias, musicais, operetas, filmes de guerra e documentários que exaltavam o racismo e a xenofobia.

Os primeiros filmes foram de temas ideológicos, com o objetivo de exaltar a militância partidária. Nos temas de guerra, o cinema nazista exaltava o heroísmo do regime e a brutalidade do inimigo.

Nos filmes nazistas, os ingleses e os russos eram os principais inimigos dos alemães. Os ingleses eram apresentados como fracos e ridículos; imperialistas e opressores. Os russos nestes filmes eram brutos e alcoólicos.

Fontes
História 2 – Ricardo – Adhemar e Flávio – Editora LÊ