História de Goiás

Por Thais Pacievitch
Antes da colonização do Brasil, a região onde atualmente está situado o estado de Goiás, era povoada predominantemente pelos índios Avás-canoeiros (Tronco Linguístico: Tupi-Guarani) e Tapuias.

A descoberta de ouro em Minas Gerais foi o primeiro passo para o desbravamento da região do estado de Goiás. No fim do século XVII e inicio do século XVIII, expedições de Bandeirantes descobriram as primeiras minas de ouro no território de Goiás. Os Bandeirantes tinham como objetivo explorar, em busca de ouro, o interior do país e as margens do rio São Francisco. As primeiras expedições saíram de São Paulo em direção noroeste, seguindo uma trilha de índios, chamada de “Caminho dos Goiases”. No mesmo período, chegaram a região os missionários vindos do norte do país.

Bartolomeu Bueno da Silva foi um dos primeiros Bandeirantes a chegar a região. Acompanhado de seu filho de 12 anos, de nome igual ao do pai, Bartolomeu obteve sucesso em sua primeira expedição ao sertão, caçando muitos índios e encontrando várias pepitas de ouro. O sucesso de Bartolomeu atraiu outros Bandeirantes a região. Em 1720, Bartolomeu, o filho, chega a Lagoa Mestre d’Armas, situada próxima de onde foi construída a cidade de Brasília. Nessa expedição, foram coletadas muitas pepitas de diferentes minas, o que acabou por atrair milhares de aventureiros para a região.

Bartolomeu, o filho, fundou o primeiro povoado na região, chamado de Barra (atualmente, é o município de Buenolândia), e fundou o Arraial de Sant’Ana, que em 1739 passou a se chamar Vila Boa, e posteriormente de Cidade de Goiás, capital do território. A Capitania foi instituída em 1748. A formação inicial do território muda em 1809, quando Goiás é obrigada a ceder áreas de terras para o Maranhão e para minas Gerais.

Em 1863, mudou-se a capital para a cidade de Leopoldina, na região do Araguaia. A partir de 1930, a região já se tornou prospera, graças principalmente a agricultura e a expansão das ferrovias. Como resultado, em 1932 foi iniciado a construção da nova capital do estado, Goiânia, inaugurada em 1942. A escolha do Planalto Central para a construção da capital da Federação também contribuiu com o desenvolvimento da região.

Em 1988, com a promulgação da constituição do Brasil, Goiás perdeu cerca de 40% de seu território para a formação do estado de Tocantins.

Referências:
GOIÁS: HISTÓRIA. Disponível em: http://www.brasilchannel.com.br/estados/index.asp?nome=Goi%E1s&area=historia. Acesso em 01 fev. 2011.

O ESTADO DE GOIÁS. Disponível em: http://www.rootsweb.ancestry.com/~brawgw/go/mapago.html. Acesso em 01 fev. 2011.