Invasões Bárbaras no Império Romano

Por Pedro Augusto
Que o império romano era gigantesco todos nós sabemos. Porém isso acarretou uma série de dificuldades ligadas a manutenção de seus territórios. Terras férteis e clima ameno foram alguns dos fatores que interessaram povos vizinhos a adentrar o território Romano. Além desse interesse, não tiveram outra saída, pois estavam sendo ameaçados e pressionados por outros povos, sendo a única alternativa fugir e entrar em terras romanas.

Naquele período, os romanos tinham o costume de chamar invasores de bárbaros, o que era uma herança grega, pois eles designavam bárbaros aqueles estrangeiros que não eram gregos ou não tinham como língua materna a ligua grega. As invasões desses povos bárbaros foram de grande importância para que se desencadeie uma crise no Império Romano.

Primeiramente pelo intercâmbio cultural que isso desencadeava, trazendo influências estrangeiras para dentro do Império do Romano. Fato que se comprova na Idade Média quando há uma mistura de instituições e costumes de origem romana e germânica.

Era normal declarar guerra a um povo que invadisse seu território, mas o Império Romano acabou lidando com isso de outra maneira. Muitos dos bárbaros, que estavam fugindo das pressões de outros povos decidiram pedir ajuda ao Império Romano, que aceitou ajudá-los, com a condição de garantir a proteção das fronteiras de deterinadas regiões. Um desses povos foram os visigodos, que se hospedaram na região com a autorização das autoridades e logo em seguida se tornaram uma ameça pois poderiam tentar controlar politicamente a região. Essa ideia de poder controlar algum território do Império não foi ideia apenas dos visigodos, isso acabou sendo frequente no imaginario desses povos. Se todos os bárbaros que estavam residindo dentro do império resolvesse tomar o poder, o estado romano certamente não daria conta de tantas revoltas.

O império Romano então passou a sofrer com várias incursões bárbaras para dentro de seus territórios e protege-lo estava ficando cada vez mais dificil. Os visigodos por exemplo conquistaram a península iberica e a gália. Os vândalos chegaram a conquistar o norte da África e formaram seu reino. Já os francos conquistaram uma porção da Galia. Os Anglo e Saxões conquistaram a ilha da Bretanha.

Dessa maneira o Império ia se mostrando cada vez mais desfigurado e fragilizado com a formação de pequenos reinos bárbaros que estavam surgindo na Europa. E dessa maneira com a invasão de um povo barbaro chamados de Hérulos, em 476, houve a deposição do último imperador romano, Romulo Augusto.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Migra%C3%A7%C3%B5es_dos_povos_b%C3%A1rbaros
http://www.historiadomundo.com.br/idade-antiga/invasoes-barbaras.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/B%C3%A1rbaros