Pós-Colonialismo

O Pós-colonialismo é o estudo dos efeitos que as nações colonizadoras deixaram na cultura dos países colonizados. Entre diversos aspectos, são analisados campos como política, filosofia e artes, com ênfase em teoria literária.

No campo da abordagem crítica ou teoria literária, o pós-colonialismo trabalha com a literatura produzida em países que já foram colônias de outras nações, assim como países que ainda se encontram em situação colonial. A maior parte dos estudos abrange as nações que foram colônias de grandes potências como a Grã-Bretanha, França e Espanha.

Outro aspecto analisado pelo pós-colonialismo no que se refere à literatura é a produção escrita pelos cidadãos das colônias. Muitos nativos das colônias britânicas tinham acesso à universidade, algo que seria impossível em seus países de origem. Desta forma, foi criado um novo tipo de crítica literária, com ênfase em romances.

Durante os anos 70, o pós-colonialismo torna-se uma dos recursos críticos para análise de obras literárias. Muito disso se deve ao livro “Orientalism”, de Edward Said, considerada a obra fundadora dos estudos em pós-colonialismo.

A partir deste momento (70’s), o pós-colonialismo ganhou evidência, mas ainda encontrava-se muito limitado à área de estudos literários. Porém, com o passar do tempo começou a ser aplicado em outros campos, como a educação. Neste aspecto, insere os conceitos do pós-colonialismo com o objetivo da formação de uma população consciente e que luta pelo protagonismo e igualdade social. Assim, é contra a exploração de um indivíduo pelo outro, o que resulta em uma prática educativa voltada à promoção de uma possível mudança que valorize o ser humano.

“A Teoria Pós-Colonial, (...) traduz a sua herança crítica do Orientalismo sob a forma duma prática interdisciplinar, passando pela Filosofia, pela Historiografia, pelos Estudos Literários, pela Sociologia, pela Antropologia e pelas Ciências Políticas. Os teóricos pós-coloniais distinguem-se pela tentativa constante de repensar a estrutura epistemológica das ciências humanas, estrutura essa que terá sido moldada de acordo com padrões ocidentais que se tornaram globalmente hegemônicos devido ao fato histórico do colonialismo”, explica Cláudia Álvares no livro “Teoria pós-colonial, Uma abordagem sintética”.

Seguem algumas obras importantes sobre o pós-colonialismo:

  • Aimé Césaire -  Discourse on Colonialism, de 1950.
  • Frantz Fanon -  Black Skin, White Masks, de 1952.
  • Frantz Fanon -  The Wretched of the Earth, de 1961.
  • Albert Memmi -  The Colonizer and the Colonized, de 1965.
  • Kwame Nkrumah -  Consciencism, de 1970.
  • Edward Said -  Orientalism, de 1978.

Fontes:
ÁLVARES, CLÁUDIA (2000) - Teoria pós-colonial, Uma abordagem sintética - Revista de Comunicação e Linguagens - Tendências da Cultura Contemporânea - J. Bragança de Miranda e E. Prado Coelho (org.) – Lisboa - Relógio de Água.
http://branconolilas.no.sapo.pt/alvares.htm
http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%B3s-colonialismo
http://www.unir.br/html/pesquisa/Pibic_XIV/arquivos/Areas/Humanas%20e%20Sociais/HTML/Alan%20Polenis.htm

Arquivado em: História, Literatura