Calcitonina

Por Débora Carvalho Meldau
A calcitonina é um hormônio polipeptídico, secretado pelas células parafoliculares encontradas na tireóide, que apresenta como principal efeito a diminuição dos níveis séricos de cálcio e fosfato, devido a sua ação sobre os ossos e rins. Pode-se dizer então que esse hormônio age como um antagonista do paratormônio (PTH), pois impede que o cálcio e o fosfato se elevem acima dos níveis fisiológicos.

A secreção desse hormônio é controlada, basicamente, pela concentração de cálcio plasmático, ou seja, o aumento dos níveis deste elemento faz com que os níveis de calcitonina subam e vice-versa.

Existem evidências experimentais que sugerem que o calcitriol (forma ativa da vitamina D encontrada no corpo) e o estrogênio, possivelmente atuem na regulação da liberação da calcitonina. Além disso, acredita-se também que esse hormônio desempenhe um papel especial após as refeições, pois, uma vez induzida sua liberação por diversos peptídeos intestinais, aparentemente ocorre uma maior retenção de cálcio nos ossos.

Todavia, as principais ações desse hormônio residem na capacidade de inibição do recrutamento e maturação de osteoclastos, diminuindo a ação sobre a reabsorção óssea. A calcitonina age nos rins aumentando a excreção urinária de cálcio, fosfato, magnésio, sódio, potássio e, em certas espécies, cloreto, reduzindo a reabsorção destes elementos, e induz a produção de calcitriol.

A calcitonina sintética é utilizada na terapêutica para reduzir a concentração plasmática de cálcio em pacientes com hipercalcemia associada a enfermidades malignas. É eficaz também nos casos de pacientes com hiperparatireoidismo, hipercalcemia idiopática na criança, intoxicação por vitamina D, metástases ósseas, doença de Paget e osteoporose.

Notou-se que este hormônio sintético apenas apresenta atividade quando administrada por via parenteral ou nasal.

Fontes:
Farmacologia Aplicada à Medicina Veterinária – Helenice de Souza Spinosa, Silvana Lima Górniak e Maria Martha Bernardi; 4° edição. Editora Guanabara Koogan, 2006.

http://www.medicinageriatrica.com.br/2007/10/06/calcitonina/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Calcitonina
http://www.infarmed.pt/prontuario/navegavalores.php?id=193