Indústria do software

É chama de indústria do software a indústria concentrada na produção e comercialização de produtos de alta tecnologia, associados a computadores e aparelhos digitais relacionados a estes. Desde a segunda metade da década de 70 do século XX, a indústria do software iniciou uma vertiginosa escalada, tornando-se, na virada do século XX para o XXI, um importante personagem do mundo moderno, gerando uma quantidade incrível de capital, sendo responsável ainda pela abertura de empregos em campos totalmente novos na sociedade contemporânea, e em última instância, acabou por redefinir o cotidiano de boa parte da população do planeta com suas inovações.

A origem da palavra "software" acabou se tornando popular por acaso, a partir de um trocadilho com o termo “hardware” (“hard”/”soft”), não surgindo na imprensa até a década de 1960. Antes disso, os computadores eram programados pelos próprios clientes, ou pelos poucos fabricantes de computadores comerciais da época, como UNIVAC ou IBM. A primeira empresa fundada para fornecer produtos e serviços de software foi a empresa Computer Usage Company, em 1955.

Na década de 1960, os computadores começaram a ser vendidos em grandes quantidades. Universidades, governos e empresas criaram uma demanda pelo software, sendo que muitos desses programas foram escritos em casa por programadores de tempo integral. Alguns eram distribuídos gratuitamente ou trocados entre os pesquisadores.

Quando a Digital Equipment Corporation (DEC) lançou um microcomputador de relativo baixo preço para o mercado, tal fato lançou a computação ao alcance de muitas empresas e universidades em todo o mundo,  inovando em termos de linguagem de programação. Um novo software foi desenvolvido para microcomputadores, e fabricantes como a IBM seguiram o exemplo da DEC rapidamente, resultando em aparelhos como o AS/400 IBM, entre outros.

A indústria decolou com a inovação do computador pessoal (PC), em meados dos anos 1970, que trouxe a informatização para o escritório. Nos anos seguintes, ele serviu de plataforma para um vasto mercado de jogos, aplicativos e utilitários. O DOS, primeiro sistema operacional lançado pela Microsoft, era o programa que dominou o mercado por um bom tempo. Nos primeiros anos do século XXI, um outro modelo de negócio de sucesso surgiu na área dos softwares, o chamado “software-as-a-service”, ou SaaS. Do ponto de vista de vários desenvolvedores, o SaaS reduz os problemas relacionados a cópias não autorizadas, uma vez que só podem ser acessados através da Web, e por definição, nenhum software de cliente é carregado no PC do usuário final.

Bibliografia:
Software industry (em inglês). Disponível em: < http://en.wikipedia.org/wiki/Software_industry >. Acesso: 18/01/13.

Arquivado em: Economia, Informática