Malwares

O termo Malware (do inglês  Malicious Software) é dado a um programa desenvolvido para danificar os arquivos, servidores e aplicativos do computador. Pode ser propagar na condição de vírus, Spam ou Spyware, Worms, Adware, entre outros. Todo e qualquer software que cause dano ao PC, é considerado um Malware.

Os tipos mais comumente espalhados pelo mundo virtual e que fatalmente atingem os arquivos, são os conhecidos Vírus (os quais se propagam em decorrência da eventual execução de arquivos e links), os Worms, cuja propagação se dá entre redes e descobre as vulnerabilidades do sistema, modificando as configurações do usuário. O Trojan que se camufla em links de jogos, cartões virtuais e demais aplicativos e documentos. Outro tipo é o Keylooger, capaz de descobrir senhas e tudo o que for digitado no teclado do usuário, sem que seja percebido, trata-se de um perigoso Malware que criptografa dados bancários e até números de cartões de crédito. A variação do Keylooger é a Screelogger, com capacidade para detectar o posicionamento do cursor e quais locais foram acionados (clicados). O Spyware é a categoria que monitora todas as informações do usuário e as distribui de forma indiscriminada e sem prévia autorização.

Do termo inglês Advertising Software, o Adware foi desenvolvido para divulgar publicidade e anúncios em geral. O Backdoor, conhecido como "Porta dos Fundos", se aproveita de uma possível falha no sistema operacional e o invade, com o objetivo de controlar a máquina. Existem também os chamados Exploits, cuja elaboração é feita por hackers com o intuito de mostrar as vulnerabilidades dos sistemas e softwares. A atuação dos Sniffers é específica para armazenar as informações de redes de computadores, os invasores utilizam este Malware para obter senhas através de conexões sem criptografia (sem senha). O Port Scanners também utiliza a rede como forma de invasão, faz uma busca completa nos computadores conectados a ela e identifica qual está desprotegido. Outro programa é o Bot, capaz de invadir o computador e o controlar a distância, inclusive como meio de propagação de outros tipos de vírus. Para finalizar a listagem, o Rootkit é um conjunto de programas desenvolvido para não ser descoberto pelos mecanismos de segurança.

Para evitar danos e proteger os dados pessoais, documentos e informações, recomenda-se sempre a utilização de AntiVírus e AntiSpyware, os quais fazem uma varredura no sistema operacional e detectam a presença de um software "mal-intencionado".

Fontes:
http://www.computadorseguro.com/definicao-malware-spyware/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Malware

Arquivado em: Informática