Near Field Communication - NFC

A tecnologia do futuro pode ser resumida em um termo, o NFC (Near Field Communication), com um sistema simplesmente baseado na proximidade de dois aparelhos eletrônicos, onde é possível trocar informações e acionar dispositivos e funções diversas. Como por exemplo ler informações específicas de determinado produtos, utilizando a câmera do seu celular como leitor do código impresso na embalagem ou em uma gôndola de supermercado. Estudiosos garantem que futuramente, a tecnologia NFC fará parte de documentos como passaporte e identidade.

A NFC surgiu baseada na tecnologia de Radio Frequency Identification (RFID), que também permite a comunicação entre dois dispositivos a longa distância, por meio de ondas de radiofrequência, onde um dos aparelhos é responsável por ser a fonte de energia e realiza uma busca no outro dispositivo, o qual funciona sem a necessidade de energia. O campo máximo de transmissão de informação é de até 10 centímetros, portanto os aparelhos precisam estar bem próximos, para que a troca de dados seja completa. A transmissão de dados é feita através do dispositivo Ativo (que busca a informação), para a fonte Passiva (aparelho disponível para ser lido).

Esta tecnologia de comunicação por campo de curta distância, foi criada em 2002, por meio de uma parceria da Sony e Philips. Um dos seus diferenciais, é sua capacidade de aplicação e armazenamento em um SIM Card, por exemplo, que pode ser utilizada em aparelhos celulares. No Japão esta tecnologia já é bastante utilizada, no metrô o sistema já permite a compra de tickets apenas aproximando o aparelho do dispositivo. A cultura dos objetos interativos já é uma realidade com a NFC.

A NFC poderá também substituir os cartões de crédito e eventualmente os códigos de barras, pois desta maneira o usuário utilizará o celular como leitor e receptor de informações, inclusive como forma de pagamento online, em sistema integrado com o banco. Um exemplo desta possibilidade é o programa de teste, realizado pela empresa Visa, em parceria com o Banco Bradesco e Banco do Brasil, para ativar pagamentos via NFC, chamado Visa Móbile Pay. Um outro exemplo é a fábrica de automóveis BMW, que desenvolveu um projeto de chave com a tecnologia NFC, onde o usuário não precisa inseri-la na fechadura, e sim apenas se aproximar do veículo.

Outro case de sucesso da NFC é a empresa PagSeguro (UOL), cujo projeto foi desenvolvido em parceria com a Nokia e possibilita o pagamento via celular.

Fonte:
http://tecnologia.terra.com.br/hardware-e-software/nfc-conheca-a-tecnologia-que-muda-a-interacao-com-objetos,d1188a19d13ea310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html
http://www.revistagestaoenegocios.com.br/gestao-motivacao/47/ncf-seu-smartphone-como-cartao-de-credito-270871-1.asp

Arquivado em: Informática