Pen Drive

Por Fernando Rebouças
O pen drive é considerado um acessório de informática que auxilia na guarda de arquivos de forma portátil e prática. É um equipamento pequeno, de custo baixo e atualmente é ferramenta primordial de trabalho e estudo.

O termo “pendrive” é de origem inglesa, porém na maioria dos países que falam o idioma inglês, o equipamento é chamado de “USB Flash Drive”. O nome pendrive é referido em alguns países, pois os primeiros dispositivos portáteis com memória lembravam o formato de uma caneta “pen”.

O pendrive, a cada ano que passa, diminui de tamanho e alcança maior capacidade de espaço para arquivos. Possuem formatos diversos, desde os retangulares até formas de bichinho, carrinho, boneco e demais formas lúdicas.

O pendrive aposentou definitivamente o uso do “disquete”, que muitos fabricantes nem incluem mais em seus computadores. Quem ainda utilizava os antigos disquetes para guarda portátil de seus arquivos de trabalho, cujo suporte limitava-se em 1,44 Mb , perante o pendrive vendido nas lojas, perceberam a possibilidade de carregar os seus arquivos numa capacidade média de 4 Gb.

O pendrive é um dispositivo portátil de armazenamento de memória flash, que ao ser plugado numa porta USB (Universal Serial Bus), é detectado automaticamente pelo PC, sem necessitar de configuração prévia de reconhecimento.