SSD

Mais conhecido como uma Unidade de Estado Sólido, o SSD (do termo em inglês Solid-State Drive), é um dispositivo de armazenamento de dados, que dispensa partes móveis. Sua tecnologia é baseada no circuito integrado semicondutor. O sistema pode utilizar tanto uma memória RAM, como uma memória Flash (o mesmo dos cartões SD).

A característica dos dispositivos SSD pode apresentar algumas desvantagens, no entanto as vantagens são muito mais preponderantes, em relação aos demais dispositivos de armazenamento. As principais vantagens são: o menor peso (muito mais leve que qualquer disco rígido), o baixo consumo de energia, com a eliminação das partes móveis é possível a redução da vibração o que diminui o ruído durante seu funcionamento, a resistência é maior contra choques e eventuais quedas, possui tecnologia de resfriamento, o que concede a possibilidade de se trabalhar com temperaturas superiores as normais (em média 70° C), a banda utilizada para gravação é de incríveis 250MB/s até 700MB/s para leitura, e por último o tempo de acesso a memória é reduzido. A desvantagem ainda fica por conta do alto custo de investimento e a reduzida capacidade de armazenamento (menor que dos discos rígidos convencionais). Entretanto, é apenas questão de tempo para o SSD dominar o mercado, à medida que a tecnologia vai amadurecendo.

No quesito transferência, a taxa média é compatível a de um HD normal e em alguns sistemas cuja tecnologia é baseada em alto desempenho, é importante reduzir o tempo de boot. Os dispositivos SSD de memória flash são conhecidos como flash drives e dispensam o uso de baterias extras. Sua apresentação é uma unidade de disco de 1,8, 2,5 ou 3,5 polegadas.

Dentre as suas principais características, podemos destacar:

  • Cache: SSD com pequena capacidade de memória DRAM, 
  • Armazenamento de Energia: SSD com um capacitor em forma de pilha, capaz de manter os dados no cache, e armazenar energia em caso de falta.

A principal preocupação dos especialistas do segmento é com relação a durabilidade do dispositivo SSD, os quais possuem uma duração limitada. O dispositivo possui um mecanismo que controla um número máximo de escritas em cada bloco, e ao atingir o limite, o torna inutilizável.

Fonte:
http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2011/08/fabricante-lanca-primeiro-ssd-de-16-tb-que-le-dados-1000-mbps.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/SSD

Arquivado em: Informática