Videologs

Assim como os blogs e fotologs (leia "O que são Blogs" e "O que são Fotologs"), os vídeoblogs (videologs ou vlogs) são mais uma maneira que o internauta possui para divulgar suas idéias, suas produções artísticas ou simplesmente suas preferências.

Como dissemos em outro artigo, os blogs surgiram em decorrência da popularização da internet e os fotologs surgiram a partir dos blogs e ganharam muito espaço com a popularização das câmeras digitais.

O que se percebe nesse processo, é que à medida em que surgem novas tecnologias e serviços, surgem também novas maneiras de interagir com elas. Foi o que aconteceu com os vídeos. Até bem pouco tempo os vídeos eram relativamente pouco utilizados na internet por dois motivos: exigiam muito espaço para armazenamento e uma conexão de internet muito rápida para executá-los. Do contrário, ficariam inviáveis.

Com a evolução natural da tecnologia, espaço deixou de ser problema, um exemplo disso foi o caso pioneiro do Google oferecendo email gratuito com espaço superior a 1GB. Antes disso, falava-se em e-mails gratuitos com 5MB, 20MB, no máximo, 250MB, isto é, um quarto do espaço oferecido pelo Google. Outros portais seguiram o exemplo e passaram a oferecer mais espaço para seus usuários. Essa mudança marcou o momento em que foi resolvido um dos empecilhos para o trabalho com vídeos - o espaço. O outro problema, da conexão, ainda não foi completamente resolvido, mas podemos dizer que tornou-se contornável desde que houve um crescente aumento no uso de internet via banda larga no Brasil.

Assim, com um número maior de pessoas utilizando conexão rápida e com a solução do problema de armazenamento, a situação tornou-se favorável à publicação de vídeos na internet. Muitos sites (especialmente dos meios de comunicação: TV e rádio) começaram a disponibilizar seus vídeos na internet. Portais de conteúdo como UOL, TERRA e Globo.com também seguiram o exemplo. O surgimento de webtvs (TVS exibidas exclusivamente pela internet) demonstrava o crescimento dessa prática.

Não foi diferente com os demais usuários da internet. Em pouco tempo usuários de blogs e fotologs começaram a compartilhar além de textos e fotografias, vídeos. Porém, mesmo com as facilidades tecnológicas modernas, produzir um vídeo, editá-lo e disponibilizá-lo na web ainda não é tão simples como postar um texto ou foto. Dessa maneira, o crescimento dos vídeoblogs foi um pouco mais lento.

Assim, o compartilhamento de vídeos virou febre mundial a partir do surgimento do Youtube com toda sua praticidade. A partir do Youtube os internautas (usuários ou não de blogs e fotologs) puderam publicar seus vídeos e visualizar vídeos de outras pessoas muito mais facilmente.

Além disso, dentre as funcionalidades do Youtube, a que mais contribuiu para o crescimento dos vídeoblogs foi a a possibilidade de "colar" em outros sites os vídeos disponíveis no Youtube. Assim, em vez de inserir vídeos inteiros no vídeoblogs, os usuários passaram a poder inserir apenas um atalho, um link, para um vídeo já disponível no Youtube bastando para isso colar um endereço da web no vídeoblog.

Assim como o Youtube, os vlogs também ofecerem essa funcionalidade de compartilhamento de vídeos no orkut, em blogs, fotologs ou outros vlogs por meio de simples links. Uma característica dos vlogs comuns aos outros serviços do tipo são a existência de um menu, na página principal de cada vlog, com atalho para outros vlogs.

Arquivado em: Informática