Wikis

Por Conceição Araújo
Segundo a Wikipedia, "os termos wiki (pronunciado "viquie" ou "uikie") e WikiWiki são utilizados para identificar um tipo específico de coleção de documentos em hipertexto ou o software colaborativo usado para criá-lo". Os wikis surgiram simultaneamente ao avanço do software livre. A propagação dos softwares livres na internet, representados primordialmente pelo Linux, provocou mudanças na maneira como muitas pessoas interagiam com a grande rede. A proposta dos softwares livres é proporcionar às pessoas a independência em relação aos gigantes dos softwares, empresas como a Microsoft, que dominam o mercado dos softwares vendendo-os por preços considerados muito altos para a grande massa de usuários.

Essa independência seria obtida através do desenvolvimento de softwares completamente independentes, de código aberto, que substituiriam esses programas pagos, mas sem cobrança financeira e sem problemas com direitos autorais. Ficou a questão sobre quem desenvolveria esses programas, já que não havia empresas para financiar as pesquisas? Nessa conjuntura, a resposta que surgiu foi o conceito e a prática da colaboração e da colaboratividade no desenvolvimento desses programas autônomos.

Usuários de todo o mundo começaram a contribuir para o desenvolvimento do Linux e de outros softwares livres. A colaboratividade expandiu-se e atingiu outros setores da internet, até chegar nos portais de conteúdo. Antes dos wikis, o que existiam eram blogs e sites independentes, de pessoas que resolviam expor informações e idéias, além de portais e enciclopédias de pesquisa com acesso limitado, diga-se: pago. Isto significava ter que confiar nas informações postadas por desconhecidos ou ter que pagar pelos serviços de pesquisa considerado confiáveis.

Com essa limitação as pessoas começaram a investir e praticar mais ainda a colaboratividade originando os wikis, ou seja, fontes de informações independentes, autônomas e livres. Atualmente, o wiki mais conhecido no mundo é a Wikipedia, considerada a primeira grande enciclopédia livre da Internet. É desenvolvida em vários idiomas e inclui informações do mundo inteiro. Por ser construída por colaboradores em todo o mundo, existe uma infinidade de versões da Wikipedia, estando a brasileira disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal. Apesar da autonomia e de manter a estrutura de colaboratividade, a wikipedia já não é mais completamente aberta, pois conta com uma equipe que avalia os conteúdos que serão aceitos e incorporados ao portal, o que lhe dá mais credibilidade.

Outro wiki muito conhecido é o Wikcionário, também disponível em diversas versões. A versão portuguesa (disponível em http://pt.wiktionary.org/wiki/P%C3%A1gina_principal ), segundo o próprio site, tem a proposta de "produzir um dicionário poliglota livre em português com a finalidade de descrever todas as palavras de todos os idiomas, com definições e descrições em português falado nos vários países de língua portuguesa".

Atualmente há muitas outras iniciativas e experiências com softwares colaborativos. Escolas, grupos de trabalho e até empresas aderiram aos wikis e ao trabalho colaborativo para o desenvolvimentos de projetos diversos, particulares ou coletivos.