Pronomes relativos (relative pronouns)

Os pronomes relativos (relative pronouns) podem cumprir dois tipos de função em uma frase: (1) de sujeito ou (2) de objeto. Quando for sujeito, haverá um substantivo antes do pronome. Por sua vez, quando aparecer após um verbo, com ou sem preposição, então, estamos falando de um pronome relativo com função de objeto. Agora, vejamos quais os pronomes relativos do inglês.

Função de sujeito Função de objeto
Para pessoas Who Who ou Whom
Para coisas Which Which
Para pessoas ou coisas That That

Agora, vejamos alguns exemplos para compreender como eles funcionam. Perceba o pronome relativo em destaque e a palavra sublinhada antes ou depois dele.

  • The girl who bought the house is very beautiful. (A garota que comprou a casa é muito bonita.)
    Girl = substantivo / who = função de sujeito
  • She didn’t tell who bought her car. (Ela não disse quem comprou seu carro.)
    Tell = verbo / who = função de objeto
  • I don’t know which car is yours. (Eu não sei qual carro é o seu.)
    Know = verbo / which = função de objeto
  • The elephant, which died, is from South Africa. (O elefante que morreu é da África do Sul.)
    Elephant = noun / which = função de sujeito
  • The man that called is here to see her. (O homem que ligou está aqui para vê-la.)
    Man = substantivo / that = função de sujeito

Ainda temos o pronome ‘whose’, que tem a função de indicar posse, tanto para pessoas quanto para coisas. Observe a seguir.

  • This is her father, whose car I showed you yesterday. (Este é o pai dela, cujo carro eu te mostrei ontem.)
  • This is Jake, whose sister went to college with me. (Este é o Jake, cuja irmã foi à faculdade comigo.)

Perceba que esses mesmos exemplos em que o pronome relativo ‘whose’ é usado poderiam conter o pronome ‘who’ e não perder o sentido. Atualmente, tanto na escrita quanto na fala, o pronome ‘who’ é mais comumente utilizado do que ‘whose’.

Além desses pronomes relativos, o inglês ainda conta com outros, porém com sentido e ocorrências mais específicas. São eles:

  • ‘where’ (= onde): usado para referir-se a um lugar;
  • ‘when’ (= quando): para referir-se a tempo;
  • ‘what’ (= o que): utilizado para referir-se a algo que é sujeito ou objeto da frase.

Vejamos como eles funcionam dentro de frases.

  • He didn’t know where she came from. (Ele não sabia de onde ela veio.)
  • The house where we live is three blocks from here. (A casa onde moramos fica a três quadras daqui.)
  • They will travel when she graduates. (Eles irão viajar quando ela se formar.)
  • He is going to call when he arrives. (Ele vai ligar quando chegar.)
  • I know what they are looking for. (Eu sei o que eles estão procurando.)
  • She liked what happened to them yesterday. (Ela gostou do que aconteceu com eles ontem.)

Importante lembrar que há algumas ocasiões especiais para o uso do pronome relativo ‘that’. Acompanhe.

  • Depois dos termos ‘first’ e ‘last’ e de adjetivos no superlativo:
    The first thing that I remember is his smile. (A primeira coisa que eu lembro é do sorriso dele.)
    The tallest person that I know is her brother. (A pessoa mais alta que eu conheço é o irmão dela.)
    ‘tallest’ = adjetivo no superlativo
  • Depois dos termos ‘all’, ‘some’, ‘any’, ‘no’, ‘none’, ‘only’, ‘everything’:
    All that she knew was real. (Tudo que ela sabia era real.)
    He knows everything that they like. (Ele conhece tudo que elas gostam.)
  • Quando os substantivos que o antecedem são do tipo pessoa e coisas:
    The writers and the books that she loves were there. (Os escritores e os livros que ela ama estavam lá.)

Arquivado em: Inglês