Sociolinguística (parte I)

Por Roseliane Saleme
a arbitrariedade do signo linguístico já está vislumbrada ou proposta de alguma maneira no mito da Caverna de Platão”. Â

Os estudos da sociolinguística tiveram grande desenvolvimento nas décadas de 50 e 60, (do século XX), nos EUA, e o interesse despertado pelas pesquisas, deve-se, possivelmente, à grande divulgação dos estudos de Comunicação, à necessidade de maior aproximação com outros povos, ou ao conhecimento melhor da própria comunidade (...) e à divulgação (...) dos estudos de Sociologia e Linguística. (PRETI,)

LÍNGUA / SIGNOS

@

Observe este signo acima, atualmente significa ‘arroba’, e todo usuário de Internet sabe para o que serve, ou seja, é o signo que identifica o endereço de mensagens eletrônicas que possuímos. Porém no século XVI já era utilizado em cartas da Câmara de Vereadores de São Paulo com outro significado. Vinha no alto da página, no cabeçalho, e era entendido por todos como ‘Anno Domini’, ou seja, Ano do Senhor, em uma clara referência à religião católica que predominava entre os habitantes do nosso país, já naquela época. Essa convenção foi trazida da Europa pelos colonizadores da América. Daí pode-se entender a arbitrariedade do signo pois, seu significado está atrelado às convenções do momento.

A língua funciona como um elemento de interação entre o indivíduo e a sociedade em que ele atua. É por e com ela que a realidade se transforma em signos, pela associação de significantes sonoros a significados arbitrários, com os quais se processa a comunicação linguística. Observe:

a-b-c-d-e-f-g- (Letras do nosso alfabeto, qualquer falante que utilize dessa grafia a reconhece).
是一段曾經被遺忘的歷史,它發生在 (Caracteres do Mandarim tradicional, sendo que, qualquer falante que utilize essa grafia a reconhece).

Mesmo reconhecendo algumas letras pode-se afirmar que as convenções das línguas fazem usos diferenciados dos signos atribuindo-lhes outros significados; as fórmulas para desejar Feliz Natal, por exemplo, são diferentes na diversidade linguística:

Albanês - Gezur Krislinjden
Alemão - Frohe Weihnacht
Armênio - Shenoraavor Nor Dari yev Pari Gaghand
Catalão - Bon Nadal
Croato - Čestit Božić
Espanhol - Feliz Navidad
Francês - Joyeux Noël
Inglês - Merry Christmas

Continue lendo: Sociolinguística - Parte II, Sociolinguística - Parte III (Estratificação da Língua)

 Tradução de:  “la arbitrariedad del signo lingüístico ya está vislumbrada o planteada de alguna manera en el mito de la Caverna de Platón”. Revista Destiempos.