Autores de Biografias

O termo ‘biografia’ provém da antiga Grécia. Este é um gênero da literatura na qual o escritor retrata a existência de um ou de diversos indivíduos. Normalmente estas obras reproduzem as trajetórias de pessoas que já partiram desta vida. Esta prática, porém, vem se modificando. Este estilo aparece na França por volta de 1721; na língua inglesa é encontrado a partir de 1791; no idioma espanhol e no português esta palavra é documentada apenas em meados do século XIX. Ás vezes a biografia engloba elementos da bibliografia dos biografados. Isso ocorre, por exemplo, na obra Vidas Paralelas, de Plutarco. Em trabalhos como esses o autor não se limita a traçar dados da historiografia; ele também aborda de forma crítica a produção do personagem central da biografia. O livro biográfico de Plutarco estabelece algumas linhas básicas para as biografias. Desse momento em diante o Ocidente tem a oportunidade de saber mais sobre personalidades célebres. Geralmente os autores elegem políticos, cientistas, esportistas, escritores e outros famosos para figurarem em suas biografias. Toda vez que alguém conta sua própria história em um livro, está produzindo uma autobiografia.

Autores e Obras

  • Plutarco: Vidas Paralelas; Vidas de Galba; Otão; A Vida de Tibério; A Vida de Nero.
  • Marcel Souto Maior: As Vidas de Chico Xavier; Por Trás do Véu de Ísis; Se é para Brincar Eu Também Gosto: um Perfil Biográfico de Sonia Lins; Chico Xavier: O Livro do Filme de Daniel Filho; Kardec – A Biografia.
  • Regina Echeverria: Furacão Elis; Sarney – A Biografia; Cazuza – Só as Mães São Felizes; Cazuza – Preciso Dizer Que Te Amo; Verger Um Retrato Em Preto E Branco; Gonzaguinha & Gonzagão – Uma História Brasileira; Mãe Menininha do Gantois.
  • Nádia Batella Gotlib: Tarsila do Amaral; Clarice – Uma Vida que se Conta.
  • Benjamin Moser: Clarice, Uma Biografia; Why This World: A Biography of Clarice Lispector.
  • Ruy Castro: O Anjo Pornográfico: A Vida de Nélson Rodrigues; Estrela Solitária – Um Brasileiro Chamado Garrincha; Bilac Vê Estrelas; Carmen: Uma Biografia.
  • Ignácio de Loyola Brandão: Fleming, Descobridor da Penicilina; Edison, o Inventor da Lâmpada; Ignácio de Loyola, fundador da Companhia de Jesus; Ruth Cardoso – Fragmentos de uma Vida; Fabrizio Fasano – Colecionador de Sonhos.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Biografia
http://www.reginaecheverria.com.br/biografias_14.html
http://www.livronauta.com.br/BookSearch.html?tipo=autor&valor=Nadia+Batella+Gotlib
http://veja.abril.com.br/blog/meus-livros/sem-categoria/clarice-90-a-boa-rebelde-da-literatura-nacional/
http://divirta-se.uai.com.br/app/noticia/arte-e-livros/2013/11/03/noticia_arte_e_livros,148111/so-a-paixao-explica-autores-de-biografias-dizem-que-oficio-nao-e-compensador-do-ponto-de

Arquivado em: Literatura