Autores de Romance Urbano ou de Costume

O Romance Urbano (ou Romance de Costume) enfoca uma temática estreitamente vinculada à esfera social. Ou seja, ele se dedica especialmente a reproduzir e tecer críticas aos hábitos praticados no âmbito da sociedade. Na história da literatura ele corresponde às obras produzidas pelo Realismo, particularmente no século XIX. As figuras principais agora não são mais os nobres, e sim o cidadão comum, geralmente procedente da burguesia ou da plebe; ele vivencia experiências do cotidiano. Seus feitos não lhe trazem mais glória e autoridade; eles gravitam em volta de eventos praticamente sem nenhuma importância, tais como conflitos amorosos e problemas sócio-econômicos. Um de seus autores mais significativos é Thomas Hardy. No Brasil este gênero enfocou particularmente o Rio de Janeiro, então a capital do país, núcleo da política e da cultura que atraía os consumidores daquele período. Tudo começou com A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo. Mas o mais autêntico romance urbano desta época, no Brasil, foi Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida.

Autores e Obras

Fontes:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/3886102
http://pt.wikipedia.org/wiki

Arquivado em: Literatura