Autores do Romance Pastoril

As obras deste gênero literário apresentam um teor de natureza campestre. Seus protagonistas são pastores e pastoras, como no livro Menina e Moça, de Bernardim Ribeiro. O Romance Pastoril se relaciona intimamente, de um ângulo visionário, à natureza, ao dia-a-dia dos pastores e ao meio rural. A palavra ‘pastoral’ alude a diversos estilos históricos, tanto na prosa ficcional quanto no drama e na poética lírica. Nos versos a referência mais distante é o poeta grego Teócritos e sua obra Idílios. Na produção literária da Península Ibérica a modalidade Pastoral foi significante na passagem da poesia cortês dominante no século XV para os poemas do Classicismo italiano do século XVI. Já o romance pastoril é precedido pela obra grega Daphnis e Chloe, de Longo, publicado no século V a. C. A obra de Sannazaro se distancia do tom erótico que irradia da obra de Longo e opta pela influência de Virgílio, baseando-se também no estilo de Petrarca na hora de aprimorar seu desalento afetivo.

Autores e Obras de Romance Pastoril

  • Longo: Dáfnis e Cloé (ou As Pastorais).
  • Jacopo Sannazaro: Arcadia.
  • Jorge de Montemor: Los Siete Libros de la Diana.
  • Torquato Tasso: Aminta.
  • Allan Ramsay: Gentle Shepherd.
  • Guarani: Il Pastor Fido.
  • Francisco Rodrigues Lobo: Primavera: Primavera; Pastor Pereyrino e Desenganado; O Pastor Peregrino; Condestabre.
  • Fernão Álvares do Oriente: Lusitânia Transformada.
  • Alonso Pérez: Segunda Parte de la Diana.
  • Garpar Gil Polo: Diana Enamorada.
  • Philip Sidney: Arcadia.
  • Edmund Spencer: Shepheard’s Calender; Colin Clout’s Come Home Again.
  • Thomas Lodge: Rosalynde.

Fontes:
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/374467
http://www.edtl.com.pt/?option=com_mtree&task=viewlink&link_id=358&Itemid=2
http://www.skoob.com.br/autor/2013-ea923ea972ea947ea947ea959ea962
http://compare.buscape.com.br/arcadia-spanish-edition-jacopo-sannazaro-8437611997.html#precos
http://it.wikipedia.org/wiki/Aminta_(Tasso)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Francisco_Rodrigues_Lobo

Arquivado em: Literatura