Escritores da Literatura Esotérica

A literatura esotérica experimentou um ‘boom’ dos anos 70 até os dias atuais. Este desenvolvimento resultou de um fenômeno mais vasto e intrincado, o “esoterismo”. O movimento pode, inicialmente, ser compreendido como uma ampla corrente de natureza intelectual e espiritual que teve seu ápice exatamente no fim do último milênio, especialmente nas três décadas finais. Ele magnetizou um grande número de pessoas em todo o Planeta; seres que estavam à procura de recursos que imprimam algum significado ao Cosmos e à própria vida humana e atuem, ao mesmo tempo, como probabilidades de vivências simbólico-religiosas. Na esfera literária há diversos escritores que se enquadram neste subgênero: William Shakespeare, William Blake, Goethe, Gustav Meyrinck, Mircea Eliade, Hermann Hess, Raymond Abellio e Fernando Pessoa.

Autores e Obras

  • William Shakespeare: Romeu e Julieta; Hamlet; Rei Lear; Sonho de uma Noite de Verão; Otelo; Macbeth; Noite de Reis; A Tempestade; Megera Domada; Henrique V; A Comédia dos Erros; Sonetos.
  • William Blake: Songs of Innocence; Book of Thel; A Song of Liberty; The Marriage of Haven and Hell; Songs of Experience; The Song of Los; Milton; Everlasting Gospel; Jerusalem; Visões da Filha de Albion.
  • Johann Wolfgang von Goethe: Torquato Tasso; Fausto; Os Sofrimentos do Jovem Werther; Os Anos de Aprendizado de Wilhelm Meister; As Afinidades Eletivas; Hermann e Dorotéia; O Aprendiz de Feiticeiro; Teoria das Cores.
  • Fernando Pessoa: Mensagem; Tabacaria; Poemas Completos de Alberto Caeiro; Livro do Desassossego.
  • Gustav Meyrinck: O Rosto Verde; O Dominicano Branco; Histórias do Alquimista.
  • Hermann Hesse: Canções Românticas; Debaixo das Rodas; Demian; Sidarta; O Lobo da Estepe; Narciso e Goldmund; O Jogo das Contas de Vidro; Este Lado da Vida; O Livro das Fábulas.
  • Raymond Abellio: Heureux les pacifiques; La fosse de Babel; Visages immobiles.
  • Mircea Eliade: O Segredo do Doutor Honigberger; O Bordel das Ciganas; Senhorita Cristina; Retorno do Paraíso; Ilha de Euthanasius; Canteiro de Obras; À Sombra de Uma Flor-de-Lis; Meia Noite em Serampore.
  • Paulo Coelho: O Alquimista; O Diário de Um Mago; Brida; As Valkírias; Na Margem do Rio Piedra eu Sentei e Chorei; O Monte Cinco; Veronika Decide Morrer; O Demônio e a Senhorita Prym; Onze Minutos; O Zahir; A Bruxa de Portobello; O Vencedor Está Só; O Aleph; Manuscrito Encontrado em Accra.
  • João Guimarães Rosa: Sagarana; Corpo de Baile - Manuelzão e Miguilim, Noites do Sertão; Grande Sertão: Veredas; Primeiras Estórias; Tutaméia; Estas Estórias; Ave, Palavra.

Fontes:
http://www.sbsociologia.com.br/portal/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=349&Itemid=171 [PDF]
http://www.infopedia.pt/$esoterismo
http://www.suapesquisa.com/shakespeare/
http://pt.wikipedia.org/wiki/William_Blake#Obras
http://simbologiaealquimia.blogspot.com.br/2007/04/gustav-meyrink.html
http://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/3643331

Arquivado em: Literatura