Literatura YA - Young Adult - Jovem Adulto

Hoje um novo gênero literário ganha cada vez mais espaço nas prateleiras das livrarias e no foco de várias editoras – a literatura YA ou Young Adult, jovem adulto no idioma português. Há bem pouco tempo atrás era usual afirmar-se, mesmo em países como os Estados Unidos, que a maior parte dos jovens não tinha o hábito da leitura.

Este cenário vem se modificando de forma vertiginosa, como se pode perceber pelas listas de livros mais vendidos em todo o mundo; não é incomum ver os livros YA figurarem no topo destes levantamentos estatísticos. No Brasil somente agora uma editora se posicionou na vanguarda literária ao voltar sua atenção exclusiva aos jovens leitores, criando um selo só para eles – a Galera Record, já direcionada ao público adolescente, criou um novo desdobramento, o Galera.

A Record pretende, assim, englobar jovens adultos que consomem livros de fantasia, a literatura romântica, graphic novels, entre outros temas afins, e ao mesmo tempo se interessam por uma temática mais adulta. Este empreendimento abre um espaço ainda inexplorado no território brasileiro, mas já trilhado pelo mercado editorial norte-americano.

Recentemente a Indigo Books, uma rede de livrarias muito popular no Canadá, promoveu, através de uma fundação por ela mantida, com vistas ao estímulo à leitura, o 1º Teen Read Awards, que teve como objetivo distribuir premiações justamente para esta nova categoria. Esta entidade percebeu que um investimento neste campo pode incentivar ainda mais o ato da leitura e a alfabetização entre os jovens canadenses.

O evento de entrega dos prêmios foi realizado no dia 25 de setembro, em Toronto. Os indicados foram selecionados por várias editoras encarregadas desta tarefa pelo órgão promotor da premiação; logo depois os escolhidos passaram pelo crivo de especialistas na esfera literária juvenil, os quais posicionaram 4 finalistas em cada categoria.

Entre outros, o prêmio de melhor obra foi entregue à The Hunger Games: Catching Fire, de Suzanne Collins; o favorito de todos os tempos foi Harry Potter e as Relíquias da Morte, de J. K. Rowling; a condecoração à melhor série coube à saga Academia de Vampiros, de Richelle Mead.

Os livros deste gênero são direcionados particularmente à faixa etária que vai dos 18 aos 25 anos, estágio que sucede o da adolescência, embora eles contemplem também outros leitores. Resta aos escritores brasileiros se aventurarem nessa área e competirem no mesmo patamar alcançado pelos escritores norte-americanos.

Leandro Schulai, com seu livro O Vale dos Anjos, Marco Aurélio Paz, autor da série Lohan e os mistérios da magia, e André Cardinali, autor de Estátuas de Sal, entre outros, todos integrantes do selo Novos Talentos da Literatura, uma iniciativa da Editora Novo Século, prometem preencher este espaço promissor do gênero YA no Brasil.

Fontes:
http://serialreader.net/teen-read-awards
http://www.dzai.com.br/livrolivre/blog/livrolivre?tv_pos_id=52966
http://www2.teenreadawards.ca/
http://www.novostalentosdaliteratura.com.br/

Arquivado em: Gêneros Literários