Prêmio Pulitzer

Ser obeso e nerd, ao mesmo tempo doce e ainda por cima sonhar com um grande amor. Essa mistura, mais a capacidade do ser humano de perseverar e arriscar tudo em nome do amor são os ingredientes de ‘A Vida Breve e Fantástica de Oscar Wao’, e, assim Junot Díaz ao escrever a jornada épica do protagonista e de sua família, ganhou o Prêmio Pulitzer de 2008, na categoria livros.

Esse prêmio norte-americano, é muito almejado por quem se dedica a obras nas áreas do jornalismo, literatura e música, são anuais e divididos atualmente, em 21 categorias. Em vinte dessas categorias os prêmios são de dez mil dólares e o ganhador recebe um certificado. A administração do prêmio cabe à Universidade Columbia, de Nova York, e é o mais importante e respeitado do jornalismo dos Estados Unidos e é anunciado sempre no mês de abril.

Joseph Pulitzer.

Criado em 1917, seis anos após a morte de Joseph Pulitzer, húngaro naturalizado americano, uma figura intensa indomável; Pulitzer foi o mais habilidoso dos editores do jornal, era então dono do St. Louis Dispatch e New York World. Foi ainda o primeiro a pedir a formação de jornalistas em nível universitário em uma escola de jornalismo. Esse estrangeiro manifestou em vida sua vontade de criar um prêmio que estimulasse ao jornalismo e às artes.

Em seu testamento de 1904 deixou a criação de quatro categorias para o prêmio, porém previu que esse número poderia alargar-se e para tanto estabeleceu um conselho supervisor de consultoria e quis que o poder “de suspender ou alterar qualquer assunto ou assuntos, substituindo, no entanto, outros em seus lugares, se no acórdão do conselho de tal suspensão, alterações ou substituições devem ser propício para o bem público ou fundidas aconselhável por necessidades públicas, ou por motivo de mudança de tempo."

Ele também autorizou ao conselho reter qualquer concessão onde as recomendações se apresentassem  abaixo dos padrões de excelência. A atribuição de poderes para o conselho foi tal que poderia ignorar as recomendações para as sentenças proferidas pelos júris criados posteriormente em cada uma das categorias.

As categorias do Prêmio Pulitzer são:

  1. Comentário
  2. Crítica
  3. Drama
  4. Editorial
  5. Ensaio
  6. Ficção
  7. Fotografia
  8. Furo de reportagem
  9. Furo de reportagem fotográfica
  10. História
  11. Homenagens
  12. Música
  13. Poesia
  14. Projeto editorial
  15. Reportagem de denúncia
  16. Reportagem especial
  17. Reportagem explicativa
  18. Reportagem internacional
  19. Reportagem investigativa
  20. Reportagem nacional
  21. Serviço Público de Jornalismo

Ao vencedor desta última categoria é ofertada uma medalha de ouro e cabe sempre a um jornal, não a um profissional, mesmo que haja a citação de um e apenas matérias e fotografias publicadas por jornais nos Estados Unidos são elegíveis pelo prêmio de jornalismo.

Fontes:
http://www.observatoriodaimprensa.com.br/netbanca/arquivo/ed241_250.htm
http://lectorinfabula.blogspot.com/2009/04/premio-pulitzer-2009.html
http://www.submarino.com.br/produto/1/21564677/fantastica+vida+breve+de+oscar+wao/?franq=172682

Arquivado em: Jornalismo, Literatura