A Droga da Obediência

O livro A Droga da Obediência é o primeiro da série de personagens "Os Karas". O criador chama-se Pedro Bandeira, e o livro conta as aventuras deste grupo de adolescentes, criado como brincadeira por Miguel. Na história, eles acabam se envolvendo em um perigoso enredo com a droga da obediência, descrita como uma droga muito perigosa, cujo efeito é que quem a usar se torne "fiel como um cãozinho". Além do personagem Miguel, que é o “capitão do time”, há também Calú, Crânio, Chumbinho, Magrí, a única menina do grupo, e o seu rival doutor Q.I. com sua poderosa droga. É um verdadeiro clássico da literatura infanto-juvenil brasileira.

A Droga da ObediênciaO livro foi escrito no ano de 1984 e tem como temática a relação entre estes amigos e as aventuras dos mesmos para desvendar crimes. A obra possui elementos típicos de uma novela policial, como personagens que são detetives audaciosos e muito perspicazes, um policial honesto e outro desonesto, o vilão que é perseguido, e, claro, o “grande palno de ação” que é executado durante a perseguição ao vilão.

Em A Droga da Obediência, o grupo de adolescentes detetives, “OS KARAS” enfrentam seu primeiro grande caso, uma rede de sequestros ocorridos em São Paulo, envolvendo o desaparecimento de diversos alunos dos colégios de São Paulo. Em seu esconderijo secreto no vestiário do colégio em que estudam eles se reúnem e traçam um plano para libertar um dos amigos. Dão início às investigações e acabam chegando a uma organização criminosa chamada Pain Control, que tem o objetivo de controlar a dor da humanidade aumentando a duração da vida humana, e pretendem conseguir este objetivo através da manipulação de fórmulas químicas.

O grande malvado responsável por tal organização é o Dr. Q. I., um cientista maluco, com mania de querer dominar o mundo, que sequestra os estudantes para fazê-los de vítimas em seus experimentos químicos.

Dr. Q. I. enventa uma fórmula para chegar a uma sociedade completamente servil, em que ninguém conteste nada, não desobedeça e nem se revolte, esta droga dá nome ao livro A droga da Obediência.

Com certo tom de criticidade à sociedade, o autor fala também sobre o uso de drogas na adolescência, tudo isso em uma linguagem acessível, como elementos que chama a atenção do leitor infanto-juvenil.

Arquivado em: Livros