A Guerra dos Tronos

George convida o leitor a mergulhar em uma trama onde gelo e fogo se chocam e se completam. Neste inusitado universo eventos históricos com ares medievais se mesclam a eventos sobrenaturais. A história se inicia no campo do fantástico; logo se percebe que as velhas histórias e mitos se insinuam no que se insiste em chamar de realidade. Primeiro ponto para o autor. Ele nos leva a questionar o real e a abrir nossas mentes para todas as possibilidades. Mesmo os personagens mais céticos acabam em um momento ou outro se curvando à presença da magia e do inexplicável.

Em A Guerra dos Tronos os velhos Reis do Inverno voltam a se agitar e antigas criaturas ressurgem. Lorde Eddard Stark, conhecido como Ned em seu círculo mais íntimo, é o patriarca do clã de Winterffell. Ele descende da linhagem dos monarcas ancestrais do Norte gelado.

Em tempos já esquecidos, na Era da Aurora, quando ainda não existiam reis ou reinos, vivia nas terras agora ocupadas pelos Sete Reinos um povo conhecido como Filhos da Floresta. Eles cultuavam os deuses da mata e esculpiam estranhos rostos nas árvores. Após a chegada dos Primeiros Homens, com seus cavalos e espadas de bronze, estas velhas crenças foram questionadas e uma terrível guerra teve início. Depois de muito sangue derramado, eles decidiram fazer um Pacto. Os Homens poderiam ocupar todas as terras, menos as das profundezas da Floresta.

Mas quando outros povos chegaram, houve muitos conflitos e somente o Reino do Norte não se rendeu diante dos ândalos. Apenas aí os Filhos da Floresta ainda encontram abrigo. Porém até mesmo o Norte sucumbiria diante dos Targaryen, o clã dos dragões, no momento em que o último Rei do Inverno se ajoelhou diante deles.

Quando a história se inicia, tudo isso é passado. O último rei desta dinastia foi deposto pelo novo rei, Robert Baratheon, com a ajuda e cumplicidade de seus melhores amigos, Eddard Stark e Jon Arryn, Senhor do Ninho da Águia, casado com Lisa, irmã da esposa de Ned, Catelyn.

Jon se tornou a Mão do Rei, responsável direto pela gestão dos Sete Reinos. Mas agora ele morreu de forma misteriosa e Lisa acredita que ele foi assassinado. Ela fugiu com o filho de Porto Real, a sede da Fortaleza Vermelha, que abriga o rei e sua família.  Ao mesmo tempo em que Ned é convidado por Robert para substituir Jon, ele recebe também uma mensagem de Lisa alertando sobre o que pode estar por trás da morte de seu marido.

Ned é obrigado a aceitar a proposta de Robert, pois não pode permitir que o rei e principalmente a rainha, a vaidosa e cruel Cersei, da linhagem dos Lannister, tenham qualquer indício de suas suspeitas, que naturalmente recaem sobre a esposa do soberano.

Os temores de Ned e Catelyn se intensificam quando Bran, um de seus filhos, cai misteriosamente do telhado de uma das torres do castelo de Winterfell. Ele sobrevive, mas perde os movimentos das pernas e não se lembra do que lhe aconteceu no telhado. Logo depois, porém, quando Ned já partiu com as filhas para a corte, alguém tenta matar o garoto. O lobo dele salva sua vida. De posse do punhal, Catelyn parte também para o Sul na tentativa de encontrar o proprietário da arma. Uma trama ardilosa aponta para um dos irmãos de Cersey, o anão Tyrion.

Ao seqüestrar o Duende, como ele é conhecido, Catelyn involuntariamente dá início a uma guerra que poderá ter repercussões trágicas para sua família e seus aliados. Nem mesmo o Rei sairá ileso dessa trama. Enquanto isso, o filho bastardo de Ned, Jon Snow, foi enviado para a Muralha, onde os irmãos da Patrulha da Noite guardam os Sete Reinos dos perigos representados pelos selvagens e por criaturas que alguns consideram apenas mitos, os Outros.

Jon é um dos narradores da história, ao lado de Ned, Catelyn, Tyrion e das filhas dos Starks, Sansa e Arya, além de Bran. Outra narradora fundamental e fascinante é Daenerys, a única sobrevivente do clã dos dragões. Ela luta para encontrar seu lugar no mundo e vencer o pavor que sente do seu irmão, Viserys. A jovem é forçada por ele a se casar com o líder de um povo bárbaro, Khal Drogo, em troca de um exército poderoso que deponha Robert, o atual ocupante do Trono de Ferro, e o restitua ao clã dos Targaryen. Com o tempo ela se apaixona pelo cavaleiro de Vaes Dothrak e inicia a conquista de sua própria autonomia e maturidade.

Arya, a filha caçula dos Stark, é também uma personagem encantadora. Por momentos esquecemos que ela tem apenas nove anos de idade. Seu espírito guerreiro e destemido permitirá que pouco a pouco ela vença os desafios e os perigos encontrados no calor do Sul. Em algum momento da saga os caminhos desses personagens irão se cruzar. Fogo e gelo, fantasia e realidade, Norte e Sul já começaram a se confrontar neste primeiro volume da série. E os próximos livros prometem ser ainda mais eletrizantes.

Embora o autor crie inúmeros clãs, personagens, pontos geográficos, enfim, um universo intrincado, não é difícil acompanhar o enredo, até porque ele oferece ao leitor mapas e anexos com a lista dos integrantes e vassalos de cada Casa. Sua linguagem ora flerta com a mais sublime poesia, ora beira a pura crueldade, não poupando o leitor de detalhes por vezes mórbidos. Mesmo assim George seduz o leitor e o conduz implacavelmente até a última linha de cada livro.

Muitos afirmam que este escritor é o novo Tolkien, autor da trilogia O Senhor dos Anéis. Independente disso, ele com certeza tem um estilo próprio e uma escrita rara. E seu universo não se parece com nada que já tenha sido criado por qualquer outro autor. Esta saga foi convertida para as telas da TV na forma de um seriado exibido pela rede HBO. E hoje é um sucesso também entre os fissurados por séries televisivas.

George (Raymond Richard) Martin, também conhecido como GRRM, nasceu no dia 20 de setembro de 1948 na cidade de Bayonne, em Nova Jérsei. Ele atua como roteirista e autor dos gêneros de ficção científica, terror e fantasia. O escritor se tornou célebre pela criação da saga As Crônicas de Gelo e Fogo.

Fonte:
George R. R. Martin. As Crônicas de Gelo e Fogo. Livro Um. A Guerra dos Tronos. Editora Leya, São Paulo, 2010, 592 pp.

Arquivado em: Livros