A Lenda dos Cristais

Uma autora brasileira investe em um tema que até pode parecer batido em outros países, mas aqui, em termos de produção nacional, representa uma novidade. E a história promete agradar os fãs do gênero fantástico e também os apaixonados pelos mitos celtas, pois ela retrata lendas ancestrais presentes no ciclo arturiano.


A obra se dirige justamente ao público infanto-juvenil, e boa parte destes leitores desconhece as aventuras da fada Morgana e do mago Merlin. Além disso, explora também eventos proféticos e a leitura é leve, como convém aos iniciantes nas histórias de cavalaria.

Segundo a mitologia celta, Merlin e Morgana tiveram um caso e desta relação nasceu a garota conhecida como Sarah. Ela, por sua vez, deu à luz sete filhas, as quais tomaram, com o tempo, rumos diferentes. Mas cada uma delas era portadora de um colar com um pingente de cristal.

Após vários séculos os cristais remanescentes não podiam mais permanecer ocultos, e assim apareceram nas mãos de sete jovens de cabelos vermelhos. Elas tomaram contato uma com a outra através destes artefatos, e nesta ocasião a história emerge e traz consigo um sinistro adversário, Cien, o mago negro. Agora ele está novamente em ação e, pior, cada vez mais poderoso.

Ao que parece ele está interessado demais na herança deixada pela influente Morgana. Conscientes dos riscos, as garotas vão para o vilarejo dos Dracheroter com o objetivo de compreender como dominar seus dons e, ao mesmo tempo, vencer o bruxo e suas entidades perversas em Stonehenge. Elas devem deter o desencadeamento de um feitiço que irá transfigurar os raios solares em radiação negra e mergulhar o Planeta em trevas eternas.

Essa história foi inicialmente postada como fanfic no NYAH!Fanfiction, e agora a autora teve a felicidade de vê-la publicada pela editora Novo Século. A narrativa é bem criativa e se distingue dos tradicionais lugares-comuns. Ana Carolina tem o dom de equilibrar perfeitamente história de amor e elementos mágicos, tudo permeado por boas doses de humor.

O que impressiona, porém, é a forma como ela dá vida a sete personagens completamente diversas, com características distintas e bem definidas. Quem escreve sabe que não é fácil construir uma criatura fictícia consistente, que dirá sete.

Ana Carolina Jalles nasceu na cidade de São José do Rio Preto, em São Paulo, no dia primeiro de novembro de 1998. Desde cedo prestava intensa atenção às narrativas tecidas originalmente por sua mãe para satisfazer suas demandas. Nesta época já desabrochava em seu íntimo o desejo de escrever um livro. Esta é sua primeira ficção.

Fontes:
http://www.novoseculo.com.br/produtos_descricao.asp?lang=pt_BR&codigo_produto=772&codigo_marca=0
http://www.novoseculo.com.br/autor_descricao.asp?id_aut=600&codigo_marca=0
http://cupcake-do-tempo.blogspot.com.br/2012/12/divulgacao-do-livro-lenda-dos.html

Arquivado em: Livros