A Seleção

America Singer nasceu em Illéa, uma nação que ascendeu sobre os destroços de um país poderoso há tempos atrás e agora completamente destruído, os Estados Unidos. Sua terra natal busca se preservar dos riscos iminentes de invasão e rebelião criando normas rígidas e estabelecendo uma hierarquia social baseada no sistema de castas. Chega a lembrar um pouco a estrutura hindu.


Há desde as castas elitizadas até as mais miseráveis; elas se distinguem pela numeração, a qual se vincula à profissão de seus integrantes e ao grau de recursos financeiros. Quanto maior o número de uma linhagem, mais distante ela se encontra do topo da pirâmide social. America, por exemplo, pertence à casta Cinco, identificada como a comunidade artística.

Ela e sua família estão sempre se esforçando para economizar o pouco que ganham; para os artistas há épocas do ano mais propícias, e outras nas quais não encontram trabalho. De repente, porém, uma luz brilha no fundo do túnel. Pela primeira vez a jovem tem a oportunidade de livrar seus familiares do fantasma da escassez.

Illéa é uma metrópole imperialista, cercada por territórios colonizados pelos seus dirigentes. Os habitantes destas terras não estão nada satisfeitos com a exploração a que são submetidos; por esta razão estão sempre se revoltando contra seus colonizadores e investem pesado em assaltos contra o Palácio.

Com o objetivo de aumentar a auto-estima da população, os príncipes desta nação se casam com as garotas da plebe. Jovens que se encontram na faixa etária desejada, de 16 a 20 anos, escolhidas em cada província, participam de um procedimento conhecido como A Seleção.

A escolhida terá a chance de futuramente se transformar em rainha. A mãe de America a pressiona e praticamente a obriga a participar deste evento, pois sonha com uma mudança de vida. Mas a protagonista não está nem um pouco empolgada com esta história, pois há dois anos está envolvida emocionalmente com Aspen, um garoto da casta seis, portanto inferior a sua.

É um romance proibido e clandestino. Ninguém sequer suspeita que exista um relacionamento mais sério entre ambos. Ele, por sua vez, se sente culpado por não poder oferecer a America uma vida isenta de miséria, frio e temor. Assim, a única saída que vislumbra é estimular sua amada a participar da Seleção.

A protagonista acaba cedendo, porém não crê que entre tantas jovens ela vá ser a escolhida. Todavia sua beleza singela e sublime a posiciona entre as 35 eleitas que disputarão a oportunidade de integrar a nobreza. Mergulhar nesta disputa exige que a garota deixe tudo para trás, seu amor, seus familiares, a casa onde sempre viveu.

Mas uma surpresa aguarda America. Ela nunca sentiu nada pelo príncipe Maxon, a não ser antipatia gratuita, pois acredita que ele seja fútil e pretensioso. Então descobre que ele é meigo e simpático; apenas desconhece a realidade em que vive. E cabe a ela apresentar ao nobre a verdadeira conjuntura de seu reino.

Este é o primeiro livro da saga intitulada A Seleção. A leitura é saborosa e fluente. A narrativa é bem-humorada, embora não seja densa o bastante para se enquadrar perfeitamente no gênero distópico, agora tão em voga. O principal foco da autora não é retratar o governo opressivo de Illéa, e sim a trajetória dos protagonistas. O contexto é pano de fundo para o processo de conscientização de Maxom.

Kiera Cass passou por um período de indefinição profissional assim que concluiu o colégio. Tentou o teatro, depois a música, foi para a área da Comunicação e então finalmente se fixou na História. Logo depois, porém, o casamento e a maternidade a levaram a uma nova mudança. Decidiu deixar tudo para se dedicar ao marido e aos filhos.

Em 2007 a autora sofreu um choque emocional provocado por um evento trágico ocorrido em sua cidade. Para se recuperar deste transe, experimentou vários caminhos até desembocar na literatura. O resultado é A Seleção e outros tantos projetos literários na fila de espera. Hoje ela reside em Blacksburg  com sua família.

Fontes:
http://www.lendonasentrelinhas.com.br/2012/09/a-selecao-kiera-cass.html
http://www.skoob.com.br/autor/6862-kiera-cass

Arquivado em: Livros