O Projeto Rosie

Por Ana Lucia Santana
Às vésperas de chegar aos 40 anos, o singular professor de genética Don Tillman já estava a ponto de renunciar à experiência amorosa. Afinal de contas, que mulher seria capaz de seguir seu dia-a-dia rigidamente calculado, incluindo alimentação especificada, um registro gráfico para a realização de sua agenda, até mesmo para as atividades físicas praticadas pouco antes do sono reparador?

Quem teria condições de enfrentar sua total inaptidão para os relacionamentos sociais? Somente uma figura feminina ideal poderia atingir esse objetivo. É exatamente por isso que o protagonista cria o projeto Esposa Perfeita, o qual consiste em uma entrevista minuciosa que lhe permitirá escolher as pretendentes mais apropriadas a sua rotina existencial.

Mas ele vai compreender logo de início que não se pode planejar tudo na existência humana. É isso que Rosie irá lhe ensinar. Assim que ela adentra sua vida, nada é mais o mesmo. E o mais incrível é que eles são pessoas totalmente opostas. Don não é somente o personagem principal da trama, ele é a alma dessa história atraente.

Apesar de suas inabilidades sociais, acaba conquistando o leitor com sua inteligência fora do comum e, por outro lado, também com suas excentricidades e tiques que o isolam da vida social. Don tem amigos seletos que o amam exatamente como ele é. A trama se desenrola na primeira pessoa e permite que o público veja os eventos do ponto de vista dele.

Esse artifício narrativo nos ajuda a ver sua carência de tato não enquanto algo rude, mas sim como fruto de sua incapacidade de interagir socialmente. De um lado é fácil achar engraçada sua forma de perceber o ambiente e o outro. Mas a história também nos induz a certa melancolia ao revelar o quanto uma pessoa, por conta de seu comportamento, pode se afastar radicalmente do meio social.

O caos se instaura nos planos de Don quando ele conhece Rosie. Ela é o fator imprevisível e pode trazer a sua vida o que ele mais precisa neste momento. A jovem também vai mergulhar em um mundo repleto de possibilidades e encantos ao conhecer o introvertido Don Tillman.

O autor compõe aqui uma história cativante, uma narrativa bem entretecida, cheia de elementos sutis que levam o leitor a uma empatia completa com os personagens, tanto com Don quanto com Rosie.

Graeme Simsion é um escritor australiano. Antes de ter a possibilidade de criar em período integral, ele atuava como consultor de tecnologia da informação e também lecionava. O autor é casado com uma professora de psiquiatria que se dedica à literatura erótica. Com Anne ele tem dois filhos.

Fontes:
http://www.oblogdamari.com/2013/07/o-projeto-rosie-graeme-simsion-resenha.html
http://www.asmeninasqueleemlivros.com/2013/07/o-projeto-rosie-graeme-simsion.html#.Uf7DgtLrz3Y
http://www.minhavidaliteraria.com.br/2013/07/resenha-o-projeto-rosie-graeme-simsion.html#.Uf7EANLrz3Y