Pela Luz dos Olhos Seus

Por Ana Lucia Santana
Nesta obra tocante temos a oportunidade de conhecer dois personagens com visões de mundo muito diferentes. Laura expressa o que vê com seu olhar, enquanto Claudio lê o que está à sua volta com a voz. A protagonista tem suas origens na Normandia. Ela passou a vida consciente de que não era bela como sua irmã caçula. Mas compensava a pretensa ausência da beleza com seu intelecto desenvolvido.


Para deixar logo a família, ela se devotou a estudar e agora, com apenas vinte e seis anos, Laura atua como assessora de imprensa de músicos. Realizada profissionalmente, ela recebe uma proposta de trabalho surpreendente. O convite é para assessorar o célebre tenor Claudio Roman, famoso por seu dom excepcional, pelo poder de sedução, por seu temperamento instável e, especialmente, pelo trágico incidente que causou há pouco tempo sua cegueira.

Laura considera vital para sua carreira passar por essa experiência. Só não podia imaginar o quanto esse contato com o tenor a desestabilizaria emocionalmente. Justo ela, sempre tão cativa da razão. O sofrimento e a melancolia de Claudio despertam nela um comportamento protetor, o desejo de cuidar dele.

De repente Laura se torna prisioneira do olhar intempestivo do tenor e da magia incompreensível da voz dele. Mas ela sabe que nunca será mais do que uma mera auxiliar dele. Desprezando os próprios sentimentos, a protagonista decide se dedicar integralmente à cura do músico. Ela se dispõe a entender e aceitar o tenor como ele é, e o estimula a romper a muralha de sofrimento que construiu a sua volta. Laura se transforma em uma espécie de irmã caçula de Claudio.

Ela está ciente de seu papel ao lado do tenor. Não alimenta sonhos românticos, pois sabe que muitos fatores a separam de Claudio. Os dois ocupam status sociais completamente distintos e Laura julga não ser o tipo de mulher que ele desejaria ter ao seu lado. Além disso, a protagonista se empenha para que Claudio volte a ter autonomia. E quando ele atingir essa meta, estará mais uma vez rodeado das mulheres mais bonitas e atraentes. Ela se alegra em levar a cura não só aos olhos dele, mas também ao coração.

É quase mágico testemunhar, ao longo da leitura, a maneira como Cláudio “vê” o mundo em torno dele. Ele revela uma visão das mínimas coisas que Laura, com seus olhos saudáveis, não consegue visualizar. Claro que, às vezes, o músico traduz uma percepção sombria do entorno, mas não deixa de ser algo pungente. Por sua vez, Laura se deixa levar pela voz do tenor, na qual ele expressa em alguns momentos aquilo que ela não pode ver.

Janine Boissard é uma das escritoras francesas mais famosas. Ela já vendeu mais 1,8 milhão de cópias dos seus livros. Desde a adolescência já sabia que queria escrever. Seu primeiro romance foi lançado quando a autora tinha 20 anos. A partir de então ela já produziu mais de 40 narrativas. Entre elas, algumas levam seu nome de casada, Janine Oriano.

Fontes:
http://www.livrosefuxicos.com/2013/11/resenha-pela-luz-dos-olhos-seus-janine.html
http://www.editoraarqueiro.com.br/autores/ver/69