Puma

Por Thais Pacievitch
O puma (Felis concolor), também conhecido como suçuarana, leão da montanha ou onça parda, é um mamífero quadrúpede pertencente à família Felidae e à ordem carnívora. È um animal que vive solitário e costuma caçar no final do dia. É o segundo mais pesado felino da América, ficando somente atrás da onça pintada.

Puma. Foto: AskJoanne (CC 2.0) / via Wikimedia Commons

Puma. Foto: AskJoanne (CC 2.0) / via Wikimedia Commons

Trata-se de um felino originário do continente Americano que pode ser encontrado desde o Canadá até o sul da América do Sul. Na América do Norte são conhecidas seis subespécies, na América Central, cinco subespécies e na América do Sul, oito subespécies.

Este animal, quando adulto, pode chegar a medir até 2,40 m de comprimento, atinge até 65 cm de altura e seu peso pode chegar a 100 kg. A expectativa de vida do puma é, em média, de 15 anos. A maturidade sexual ocorre entre dois a três anos, a gestação (que ocorre de dois em dois anos) dura em torno de 90 dias e o número de filhotes que nascem oscila entre dois e quatro. Os filhotes abrem seus olhos depois dos primeiros dez dias e ficam com a mãe durante os primeiros vinte meses.

O puma é dotado de garras retráteis e afiadas cujo formato é curvo. Nas patas dianteiras possuem cinco dedos e nas patas traseiras somente quatro. Suas patas possuem na parte inferior almofadas que lhe permitem mover-se sem fazer barulho. O puma só ataca o homem quando se sente acuado.

A pelagem do puma é de cor bege, podendo apresentar variações que vão da cor cinza à cor ferrugem ou marrom. O comprimento do seu pêlo varia de acordo com a temperatura do habitat do animal, ou seja, em climas frios o pelo do puma é mais comprido.

Da mesma forma que os outros felinos o puma é um predador bastante eficaz, pode caçar animais pequenos, como pequenos roedores, insetos, peixes ou coelhos e também animais de grande porte como o alce ou veados. Este é um animal exclusivamente carnívoro que só se alimenta de animais que ele mesmo tenha matado.

O puma, graças à ação direta do homem, é outro animal ameaçado de extinção. Isto se deve à caça indiscriminada deste animal para se obter sua pele e, principalmente, à destruição do seu habitat. Isto obriga o puma a se aproximar de centros urbanos onde ataca o gado e é morto por pecuaristas. Como tem o hábito de guardar carcaças para se alimentar depois, estas carcaças podem ser envenenadas e, assim, este animal torna-se um alvo fácil.

Foto: AskJoanne / Creative Commons 2.0 / via Wikimedia Commons