Termômetro

Graduação em Química (Faculdades Anhanguera, 2016)

Os termômetros são equipamentos utilizados para realizar a medição de temperatura e sua construção baseia-se no uso de grandezas físicas que dependem da variação de temperatura. A medição da temperatura de um meio qualquer só é possível após a ocorrência do equilíbrio térmico entre o termômetro e o meio que se deseja medir a temperatura.

O termômetro mais utilizado é o Termômetro Clínico, que é utilizado para medir a temperatura do corpo humano. Ele pode ser analógico, digital ou infravermelho, e normalmente medem faixas de temperatura de 34°C à 43°C.

Termômetro clínico analógico. Foto: Menchi / via Wikimedia Commons / CC-BY-SA 3.0

Termômetro Analógico: É feito com corpo tubular em vidro que possui uma escala de temperatura, com um tubo capilar interno que possui mercúrio ou álcool colorido em seu interior. Quando há variação na temperatura do bulbo metálico localizado na parte inferior do equipamento ao entrar em contato com o corpo, a substância interna sofre dilatação e expande-se percorrendo o tubo capilar e, ao ocorrer o equilíbrio térmico, torna-se possível verificar na escala qual a temperatura do corpo. Para que a substância retorne à sua posição inicial, é necessário agitar o equipamento vigorosamente, podendo então, realizar uma nova medição.

Termômetro Digital: É feito com corpo de material plástico, permitindo a higienização do mesmo. Possui um visor eletrônico que mostra a temperatura que é medida através de um sensor localizado na extremidade inferior do corpo do equipamento, quando o bulbo metálico que está na ponta inferior entra em contato com o corpo. Funciona através de bateria que é inserida em um compartimento localizado na parte superior do equipamento. Quando o equilíbrio térmico ocorre, um alarme é acionado avisando que a medição foi realizada. São rápidos e eficientes, porém, se sofrerem quedas ou se a bateria estiver fraca, podem desestabilizar o sensor, tornando-se impreciso.

Termômetro digital. Foto: Svdmolen / via Wikimedia Commons / CC-BY-SA 3.0

Termômetro Infravermelho: É feito com corpo de material plástico, e muito utilizado para medir temperatura de crianças e bebês, pois é muito rápido, contudo dentre todos, é o mais impreciso. Seu funcionamento é relativamente parecido com o termômetro digital, porém, possui um sensor infravermelho que realiza a medição de temperatura do corpo com maior rapidez e sem necessariamente o contato físico com o corpo. É mais higiênico que os demais, tendo em vista que não é necessário o contato com a pele para medir a temperatura corporal e pode ser utilizado também para medir outros meios externos, tais como, alimentos e temperatura da água do banho, por exemplo.

Há diversos tipos de termômetros disponíveis no mercado para diversas aplicações, por esse motivo, é necessário realizar a correta escolha do tipo de termômetro que será utilizado para medir determinado meio, para que seja possível realizar a correta medição da temperatura desejada.

Para aplicações específicas pode-se citar como exemplos os seguintes tipos de termômetros: Termômetro a gás, Termômetro de radiação, Termômetros meteorológicos, Termômetro de fio de platina, Pirômetro Óptico, Termômetro de Lâmina bimetálica, Termopares, Termômetro de Cristal líquido, entre outros.

Curiosidade: Em 1952, Galileu Galilei construiu o primeiro termômetro, chamado Termoscópio, que possui princípio de funcionamento semelhante ao termômetro analógico, porém possui uma esfera de vidro que é deslocada por uma substancia termométrica presente no interior do tubo capilar.

Referências:
https://www.saudemelhor.com/como-usar-bem-termometro-digital-mercurio/

https://ipemsp.wordpress.com/2010/04/12/termometro-clinico-como-funciona-e-o-que-verificar-ao-se-comprar-um/

BIANCHI, J. C. de A. Universo da Química: Ensino Médio: Volume único. 1. Ed. São Paulo: FTD, 2005.

BOSQUILHA, G. Minimanual de Química: Teoria e Pratica. 2. Ed. rev. São Paulo: Rideel, 2003.