Economia do Mato Grosso do Sul

Por Thais Pacievitch
O estado do Mato Grosso do Sul tem uma economia baseada principalmente na pecuária e agricultura, sendo esse o primeiro setor da economia. O rebanho bovino representa aproximadamente 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado.

O extrativismo mineral e a indústria fazem parte do segundo setor econômico do estado. Poderíamos dizer que a prestação de serviços ao turismo caracteriza o terceiro setor da economia do Mato Grosso do Sul.

Na atividade pecuária, a criação de gado é a mais difundida no estado, sendo que as principais pastagens são as da região do Pantanal. Existem ainda no estado, grandes criações de suínos, ovinos, eqüinos e galinácea. Os produtos agrícolas mais cultivados no Mato Grosso do Sul são: soja, milho, trigo, arroz, café, algodão, mandioca, feijão, cana-de-açúcar e amendoim. A terra roxa encontrada em parte do estado favorece a produção agrícola.

Os minérios explorados no estado são: ferro, calcário e manganês, estanho e mármore. Na cidade de Corumbá, encontra-se a jazida do monte Urucum, uma das maiores jazidas de ferro do mundo.

A produção de gêneros alimentícios são as principais atividades industriais do estado, além da indústria madeireira e de transformação de metais não-metálicos. A produção de cimento é outro destaque na economia do estado.

Grande parte da energia consumida no Mato Grosso do Sul é produzida na Hidrelétrica de Jupiá, localizada entre as cidades de Três Lagoas (MS) e Castilho (SP), sendo que só o setor industrial consome cerca de 20% dessa energia.

A exuberância do ecossistema no estado do Mato Grosso do Sul atrai turistas para a região. O local mais procurado pelos turistas é o Parque Nacional do Pantanal Matogrossense, considerado um Patrimônio Natural da Humanidade, segundo a UNESCO.

No município de Bonito, a mais de 250 km de distancia da capital do estado, está localizada a Serra da Bodoquena, outro paraíso natural. Nesses locais, a natureza impressiona os turistas, tamanha a beleza e fragilidade do ecossistema. Um dos lugares mais visitados da Serra da Bodoquena é a Gruta do Lago Azul.