Cicatriz

Por Marlene Amariz
As cicatrizes são formações na pele, que aparecem resultantes de um processo natural de cura. São causadas por ferimentos como: queimaduras, acidentes, cortes, arranhões, etc. A extensão de uma cicatriz, quanto tempo levará para sarar, se tem chances de ser removida ou não, são fatores que dependerão de quanto e de que maneira a pele foi danificada.

A formação das cicatrizes também é afetada pela idade do paciente, local onde ela foi causada, corpo, rosto, membros inferiores ou superiores.

A pele de um indivíduo mais jovem recupera-se mais facilmente e tende a se regenerar resultando assim em cicatrizes mais grossas e maiores do que em peles mais velhas. Elas também parecem mais vermelhas e grossas no começo e tendem à “desbotar” com o tempo, tornando-se muitas vezes, menos visíveis.

Apesar das cicatrizes fazerem parte de um processo natural de cura, às vezes poderão causar vergonha ou incômodo às pessoas que as possuem, por isso, a medicina desenvolveu procedimentos dermatológicos com ou sem utilização de cirurgias dependendo de cada caso, o qual deverá ser previamente analisado pelo médico ou cirurgião plástico.

Porém para cada método, existem limitações. Várias são as técnicas para minimizar uma cicatriz, no entanto, nenhuma cicatriz poderá ser completamente apagada, e nenhuma das técnicas por mais revolucionárias que possam parecer, devolverão o aspecto inicial da pele antes da cicatriz, contudo os tratamentos tornarão as marcas menos evidentes, trazendo ao indivíduo um maior conforto. Uma consulta minuciosa entre médico e paciente é o primeiro passo importante para a decisão do melhor método, e das melhores providências à se tomar.

A maioria dos procedimentos poderão ser realizados no próprio consultório do médico dermatologista, somente em alguns casos, como por exemplo queimaduras de extensão muito grande podem requerer anestesia geral e internação hospitalar.

Métodos utilizados para tratamento e/ou atenuação da cicatrizes

1) Enxertos e Excisões
Enxertos: são pequenos pedaços de pele normal, utilizados para substituir a pele cicatrizada.

Excisões: envolvem o uso de pontos próximo dos furos produzidos pelo pequeno corte na pele.

Estes métodos dão bons resultados em pacientes com cicatrizes profundas causadas por acne e marcas na pele.

2) Dermabrasão
Este método consiste no uso de uma máquina elétrica pelo dermatologista, onde são removidas camadas superiores da pele, causando um contorno mais igualado à superfície da mesma.

Este método é utilizado em pacientes com cicatrizes causadas por acne, catapora, varíola, cicatrizes cirúrgicas, ou pequenas irregularidades na superfície da pele.

3) Peelings Químicos
Este procedimento envolve o uso de produto químico removendo a camada superior da pele, suavizando cicatrizes profundas, é útil também para cicatrizes superficiais rasas.

4) Preenchimento Facial (injeções de colágeno ou transferência de gordura)
Tratam-se de injeções de colágeno, uma proteína animal natural. Este método é utilizado para elevar cicatrizes recuadas e suaves.

5) Revisão à laser de cicatriz
Este método utiliza-se de um polimento da pele à laser, onde utiliza-se uma luz de alta energia, para remover a pele danificada e indesejável. Também utilizado na melhora da acne, cicatrizes de catapora, cicatrizes hipertróficas e quelóides.

6) Revisão cirúrgica da cicatriz
Método de remoção da cicatriz, fazendo-se a junção da pele normal de uma maneira menos evidente, sendo mais conveniente para cicatrizes largas e compridas, em locais proeminentes, ou aquelas que ficaram muito fora de um padrão aceitável.

7) Ataduras com pressão e massagens
Tem a capacidade de alisar algumas cicatrizes, se usadas regularmente por vários meses.

8) Géis com silicone, cremes e ataduras
Tem sido úteis na redução do volume da cicatriz e da dor. Também podem ser usados regularmente e os resultados são variáveis.

Recomendações

A consulta prévia com um dermatologista ou um cirurgião-plástico darão ao paciente um direcionamento de que método adequar-se-á melhor a cada caso. Procedimentos indevidos ou inescrupulosos somente agravarão cada situação, ao invés de ajudar. Desta forma consultar um profissional especializado antes de qualquer decisão será sempre o melhor caminho.

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.