Nobel de Medicina 2009

Por Fernando Rebouças
O prêmio Nobel de Medicina foi concedido a Elizabeth H. Blackburn, Carol W. Greider e Jack W. Szostak, no dia 5 de outubro de 2009, como reconhecimento à descoberta de mecanismos de proteção dos cromossomos via telômeros. Os telômeros são dispositivos de defesa que atuam dentro dos cromossomos.

telomerosOs telômeros são estruturas formadas por proteínas e DNA não codificante e estão nas extremidades dos cromossomos.

Elizabeth nasceu em 1948, na Austrália, e trabalha como pesquisadora na Universidade da Califórnia. Carol nasceu nos EUA, em 1961, e trabalha na Universidade Johns Hopkins. Jack Szostak é inglês, nasceu em 1952, estudou biologia celular na Universidade McGill, no Canadá.

Szostak completou doutorado em bioquímica na Universidade Cornell , quando recebeu o prêmio, Szostak já efetuava trabalhos de pesquisas no Instituto Médico Howard Hughes, na Faculdade de Medicina e Harvard e no Hospital Geral de Massachusetts.

Elizabeth e Carol detectaram a enzima telomerase na forma de telômeros; Szostak e Elizabeth descobriram que o encurtamento dos telômeros está relacionado ao envelhecimento. A telomerase também está presente em células cancerígenas, o que ajuda na descoberta da fonte da juventude e do novos tratamentos para o câncer.

Quando iniciaram a pesquisa, o trio de cientistas não tinha ideia que a telomerase tivesse alguma relação com o câncer. Iniciaram a pesquisa pela curiosidade de saber como os cromossomos se mantinham intactos.

Fontes:
http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1327670-5603,00-PESQUISA+SOBRE+PROTECAO+DOS+CROMOSSOMOS+RECEBE+NOBEL+DE+MEDICINA.html
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u633440.shtml

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.