Otoplastia

Por Débora Carvalho Meldau
Otoplastia é uma cirurgia plástica feita para mudança da aparência das orelhas de um indivíduo, podendo ter finalidade estática ou reconstrutora.

Esta cirurgia é indicada para pessoas que nascem com orelhas mal formadas. A má formação mais comumente encontrada é a chamada orelha de abano, a qual apresenta sua borda lateral mais distanciada da cabeça, aparentando, deste modo, ser maior do que realmente é. Nesse tipo de orelha há também o apagamento da anti-hélice (dobra interna da orelha), característica que confere a esta um aspecto de antena parabólica.

A otoplastia objetiva corrigir essas alterações, formando a anti-hélice e reduzindo a distância entre a face posterior da orelha e o couro cabeludo. A idade ideal para a realização dessa correção é a partir dos 6 anos de idade, quando a orelha já apresenta o tamanho adulto e a criança inicia o período escolar.

Já  a otoplasia com finalidade estética tem por objetivo corrigir um defeito de nascimento, como microtia (orelha muito pequena) ou anotia (ausência do pavilhão auricular) ou melhorar uma sequela de trauma. Pode ser feita de três maneiras:

  • Enxertos: a reconstrução da orelha pode ser feita utilizando-se material autólogo (do próprio organismo), como por exemplo, cartilagem das costelas, enxerto dermocartilaginoso da outra orelha, entre outros.
  • Retalhos: pequenos defeitos podem ser corrigidos com tecidos locais, como tubo de pele e retalho dermocartilaginoso local.
  • Material sintético: dentre os materiais sintéticos comumente utilizados estão o silicone e o polietileno.

Assim como qualquer cirurgia, mesmo que esta seja simples, existe a possibilidade de ocorrer complicações ou reações à anestesia. Existe o risco de infecção na cartilagem, geralmente tratada com antibiótico, que poderia levar a alterações na cicatrização. Os riscos podem ser reduzidos quando as recomendações pré e pós-operatórias são devidamente cumpridas.

O resultado definitivo praticamente já pode ser observado logo após a cirurgia. Todavia, há o edema e equimoses (inchaço e rouxidão) que regridem em até 21 dias após a operação. A cicatriz leva 6 meses para amadurecer.

Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Otoplastia
http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?315
http://www.copacabanarunners.net/otoplastia.html
http://www.amrscirurgiaplastica.med.br/Orienta/Otoplastia.htm

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.