Ciclo Mitológico Irlandês

Apresentando conteúdo histórico sobre a origem dos irlandeses e histórias sobre deuses antigos, o Ciclo Mitológico Irlandês é um dos que foram menos preservados. Suas principais fontes são duas publicações chamadas “Livro das Invasões” e “Folclore dos Lugares”. Porém, há outros manuscritos que preservam tais contos da mitologia como: “A Tragédia dos Filhos de Lir", “A (segunda) Batalha de Magh Tuireadh”, “A Corte de Étain e Cath Maige Tuireadh” e “O Sonho de Angus”.

Remontando a origem do povo da Irlanda, o "Livro das Invasões" é uma história irlandesa que parte dos primeiros povos até chegar a Noé. Nesta narrativa, são encontradas várias invasões que ocorreram no país, feitas por diversos povos de forma sucessiva. Entre estes povos, um dos mais conhecidos é o Tuatha Dé Danann que, segundo os historiadores, foram os primeiros habitantes do território antes dos milesianos ou da chegada dos Gaels. Os Tuatha Dé Danann enfrentaram seus opositores, os Fomorianos, que tinham Balor do Olho Gordo como líder. Balor foi assassinado por Lug do Braço Longo na 2ª batalha de Magh Tuireadh. Após a entrada dos Gaels na região, os Tuatha Dé Danann infiltram-se no mundo subterrâneo e se tornam os ícones das lendas e mitos irlandeses.

No caso da obra "Folclore dos Lugares", é uma onomástica da Irlanda antiga. Nela são encontrados os nomes de locais significativos e lendários, que são apresentados em uma série de poemas. Entre as informações mais relevantes encontradas neste manuscrito estão as que se referem à Batalha de Tailtiu, que remonta a derrota do povo Tuatha Dé Danann pelos milesianos.

No período do medievo, o mitológico povo Tuatha Dé Danann não era conhecido por apresentar características de deuses, mas por serem criaturas mágicas com a capacidade de alterar sua forma, na Era de Ouro da Irlanda. Os manuscritos "Livro das Invasões" e a "A (segunda) Batalha de Magh Tuireadh" apresentam os Tuatha Dé Danann como heróis do passado e contam sobre como morreram. Apesar disso, existem fontes que consideram o povo pioneiro da Irlanda como divindades.

Tamanha a importância destes seres na cultura da Irlanda que, séculos mais tarde, mesmo após sua remoção como governantes irlandeses, personagens como Manannan, Angus, Mórrígan e Lug continuam presentes em histórias e, por isso, são figuras imortais. Uma poesia no Livro de Leinster apresenta uma listagem com diversos dos Tuatha Dé Danann, mas a conclusão do poema indica que, embora eles tenham sido enumerados pelo autor, não são alvo de adoração.

Fontes:
http://pt.scribd.com/doc/23317596/Jubainville-h-d-Arbois-de-El-Ciclo-Mitologico-Irlandes
http://www.e-newsterrassa.com/a-linhagem-das-fadas-e-mitologia-irlandesa-o-tuatha-de-danann.html
http://deusesdasmitologias.blogspot.com.br/p/celtas.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Tuatha_D%C3%A9_Danann
AZEVEDO, Antonio Carlos do Amaral. Dicionário de nomes, termos e conceitos históricos. 3ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

Arquivado em: Mitologia