Op-art

Por Fernando Rebouças
Op-art é um movimento artístico que combina figuras geométricas, sobretudo em preto e branco, causando a noção de movimento na tela. Quando o observador da tela muda de ponto de observação, há a impressão que o traço da obra sofre transformações.

Esta arte amadureceu durante profundas pesquisas relacionadas a sensações ópticas na década de 60. A primeira exposição de telas pertencentes a este movimento ocorreu em 1965, a The Responsive Eye.

“Op-art” é um termo que provém do inglês (optical art), em português, “arte óptica”. Os principais artistas deste movimento são Alexander Calder e Victor Vassarely.

Alexander Calder – (1898 – 1976) – Suas primeiras telas eram movidas manualmente pelo observador, mas depois percebeu que se mantivesse as formas suspensas, as mesmas se movimentariam pela ação do ar.

Victor Vassarely – Criador da plástica cinética. Realizou telas compostas por diferentes figuras geométricas, em diversas cores, que provocam sensações de velocidade e dinamismo.

Fontes
http://www.historiadaarte.com.br/opart.html
http://www.brasilescola.com/artes/a-opart.htm