Chico Buarque de Holanda

Por Fernando Rebouças
Nasceu em 19 de julho de 1944, na cidade do Rio de Janeiro. Filho do sociólogo e historiador Sergio Buarque de Holanda, Chico Buarque foi para são Paulo, com os pais, estudou no colégio Santa Cruz.

Em 1963, entrou para a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, não concluiu curso. O seu primeiro festival de peso foi o da “Tv Excelsior”, inscrito com a composição “Sonho de um Carnaval” , interpretada por Geraldo Vandré.

Em 1964, participou do programa “ O Fino da Bossa”, na época apresentado por Elis Regina e Jair Rodrigues. No ano seguinte, realizou a sua primeira gravação com a música “Olé Olá”. Torna-se mais famoso com a canção “A Banda” no festival de MPB da Tv Record.

Após ser censurado musicalmente e no espetáculo “Roda Viva”, em 1968 segue em exílio para a Itália. Retornou para o Brasil em 1970, no ano seguinte lançou o álbum “construção”, e em 1972, no ano seguinte participou do filme “Quando o Carnaval Chegar” de Cacá Diegues.

Em 1975, lança o disco “Os Saltimbancos”. Em 1978, escreve a obra “Ópera do Malandro”, cuja músicas são de suas composições, sendo esta obra premiada no Prêmio Molière de melhor autoria.

A partir da década de 90, afastou-se um pouco da música para dedicar-se à literatura, lançando em 1992, o romance “Estorvo”. Seja como compositor, cantor e intérprete é uma forte referência em nossa cultural.