Confira as mudanças e o cronograma do Saeb 2017

30/06/2017 - 11h14 - Por Thaís Ferraz





Na coletiva de imprensa em que foram anunciados os dados do Enem 2017 e o novo formato do Encceja, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) também divulgou o cronograma e as mudanças do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Confira as principais informações sobre esta edição do exame:

O que é o Saeb?

O Sistema de Avaliação da Educação Básica foi criado em 1990 e é composto por um conjunto de avaliações externas que têm como objetivo realizar um diagnóstico da educação básica brasileira. Atualmente, ele é composto por três provas: ANEB (Avaliação Nacional da Educação Básica), ANRESC (Avaliação Nacional do Rendimento Escolar), também conhecida como Prova Brasil, e ANA (Avaliação Nacional da Alfabetização). Todas as escolas que participam da aplicação censitária do Saeb recebem o cálculo do seu Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Quem participa do Saeb?

Até o ano passado, apenas escolas públicas eram avaliadas no Saeb. A partir desta edição, escolas privadas do ensino médio poderão participar do Sistema. O prazo para a adesão é até o dia 14 de julho. A participação no Saeb é facultativa para as escolas privadas e obrigatória para as escolas públicas.

Quando serão aplicadas as avaliações do Saeb?

Entre os dias 23 de outubro e 3 de novembro.

Quem é o público alvo do Sistema?

A população-alvo será ampliada nesta edição. De acordo com o MEC, serão avaliadas:

  • Escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham dez ou mais alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do Ensino Fundamental;
  • Escolas públicas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos dez alunos matriculados em cada uma das etapas de 3ª ou 4ª série do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio;
  • Uma amostra de escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos 10 alunos matriculados em cada uma das etapas de 5º e 9º anos (4ª e 8ª séries) do Ensino Fundamental e de 3ª ou 4ª séries do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio, distribuídas nas 27 Unidades da Federação;
  • Mediante adesão, escolas privadas localizadas em zonas urbanas e rurais que tenham pelo menos dez alunos matriculados na 3ª série ou na 4ª série do Ensino Médio, quando essa última for a série de conclusão do Ensino Médio.

Mais informações podem ser consultadas nesta página.

 

Arquivado em: Educação