INEP oferece novo recurso para surdos e deficientes auditivos realizarem o ENEM 2017

05/05/2017 - 18h21 - Por Karoline Figueiredo





A edição de 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) contará com novo recurso para auxiliar os participantes com surdez ou deficiência auditiva.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), responsável pela elaboração e aplicação das provas, oferecerá em caráter experimental o exame em Videolibras. Os estudantes receberão apoio de um vídeo contendo as questões traduzidas para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Cada sala poderá ter no máximo 20 alunos para realização do exame.

O INEP já oferece outros recursos tradicionais para candidatos surdos ou com alguma deficiência auditiva que são os seguintes:

Tradutor-Intérprete de Libras: Profissional capacitado que fica a disposição dos alunos para tirar dúvidas específicas e da Língua Portuguesa escrita. Neste caso não é realizado a tradução integral das provas. Este recurso é permitido apenas 6 pessoas em cada sala, com 2 tradutores.

Leitura Labial: Profissional capacitado em Comunicação Oral que utiliza as técnicas de interpretação e leitura dos movimentos labiais para orientar os candidatos. Podem ficar até 6 estudantes em cada sala com 2 profissionais.

Os candidatos do ENEM 2017 que possuem surdez ou deficiência auditiva podem buscar uma orientação com professores, familiares e amigos para verificar melhor opção de recurso para realização do Exame. O aluno deve escolher apenas 1 recurso entre os 3 oferecidos, citados a cima.

O pedido especial podia ser efetuado durante a prova, agora não será mais aceito. O participante deverá indicar um recurso já no ato da inscrição. Na edição de 2016 do ENEM, foram inscritos 7.131 surdos e 2.290 deficientes auditivos.

As inscrições do ENEM acontecerão entre os dias 8 a 19 de maio. Acesse a página do ENEM 2017.

Arquivado em: Enem 2017