UFRJ: Cotas para alunos de escola pública

11/01/2011 - 13h57 - Por Fernando Rebouças





A OAB é contra, mas a UFRJ (Universidade Federal do Rio) publicou um complemento ao edital do vestibular que reserva as vagas para candidatos com melhor nota no Enem para alunos provenientes de escolas públicas do Estado do Rio de Janeiro, decisão que desagrada alunos de outros estados.

Segundo a OAB, a decisão é inconstitucional e discrimina os estudantes de outras unidades federativas do Brasil. Mas, segundo MEC (Ministério da Educação), as universidades federais possuem autonomia para definir suas políticas de cota.

Leia trecho do complemento do edital:

A Coordenação Executiva do Concurso de Acesso aos Cursos de Graduação da UFRJ divulga a relação das escolas de ensino médio, vinculadas às Secretarias Estadual e Municipais de Educação e da Fundação de Apoio a Escola Técnica, do Estado do Rio de Janeiro que serão consideradas para efeito de aplicação da política afirmativa do SiSU/MEC de acordo com §2º art. 3º do edital complementar nº 117 de 15/12/2010.

Informamos que qualquer alteração na relação divulgada referente à inclusão ou exclusão de escolas deverá ser solicitada até o dia 05/01/2011, através do endereço eletrônico acessograduacao@ufrj.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , informando nome, endereço completo e telefone da escola.