Noz Moscada

Por Thais Pacievitch
Noz moscada é uma especiaria obtida a partir da semente do fruto de árvore de grande porte (atinge até 20 metros) chamada Moscadeira (Myristica fragans), que a princípio, só era encontrada nas Ilhas Molucas, na Indonésia. Como a Moscadeira se adapta bem no clima tropical marítimo, logo passou a ser cultivada em outros países com clima propício, sendo os principais: Índia, Sumatra, Papua Nova Guiné, Singapura, Java, Sri Lanka, Colômbia, Brasil (principalmente no sul da Bahia) e algumas ilhas do Caribe. A moscadeira chega a produzir por até 50 anos.

O fruto da Moscadeira é vermelho. Quando maduro, libera a semente, coberta por uma membrana laranja-avermelhada chamada “macis”. Dentro da macis esta a noz moscada. Seu sabor é adocicado, aromático e levemente picante. Para a comercialização, a semente é extraída do fruto e da macis. Passa por um processo de secagem que pode durar até 15 dias. A noz moscada é vendida inteira ou em pó. A macis também é utilizada como condimento.

O uso da noz moscada é dos mais variados. Na culinária, é utilizada em sopas, legumes, ovos mexidos, massas, molhos, tortas, pudins, biscoitos e purês. Alguns óleos podem ser extraídos na noz moscada, utilizados em doces, xaropes, etc.

É utilizada também pela indústria farmacêutica e de perfumaria. As propriedades medicinais da noz moscada são benéficas para o tratamento de reumatismo, problemas nervosos, digestivos e dores de dente (uso tópico). Acredita-se que tenha propriedades afrodisíacas.

O uso da noz moscada deve ser moderado. Acima de 10 gramas, a noz moscada tem efeitos alucinógenos (visuais e auditivos). No entanto, os efeitos são tão desagradáveis que não existe vício em noz moscada. Se consumida em quantidade significativa e com regularidade, pode causar danos ao fígado, desidratação e náuseas. Em excesso, tem efeito abortivo, pode causar paralisia muscular, convulsão e até a morte.

Os principais países consumidores de noz moscada são: Estados Unidos, Canadá, Austrália, Japão, Inglaterra, França e China.

Referências:
ALUCINÓGENOS. Disponível em: http://www.euroresidentes.com/Alimentos/especias/nuez-moscada.htm Acesso em 05 jan. 2011.

NOZ MOSCADA. Disponível em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Noz-moscada Acesso em 05 jan. 2011.

NOZ MOSCADA. Disponível em: http://www.culturamix.com/saude/noz-moscada Acesso em 05 jan. 2011.

http://www.mariajoaodealmeida.com/artigos.php?ID=89&ID_ORG=3