Erros Gramaticais comuns na Língua Portuguesa - Parte III

Por Paula Perin dos Santos

ORTOÉPIA (OU ORTOEPIA)

É a parte de gramática que trata da pronúncia normal e correta das palavras. Como a fala é heterogênea e influenciada por uma série de fatores que já vimos na Parte I desta série, há uma série de palavras que são pronunciadas de forma diferente daquela considerada correta gramaticalmente. Neste caso, o erro se dá por:

· Omissão de letras:

Fosco - fósforo

· Por troca de fonemas:

Macunzá mugunzá
Bassora vassoura
Sastifação satisfação
Salchicha salsicha
Piqui pequi
Ploblema problema

· Por acréscimo de fonemas:

Conzinha cozinha
Indiota idiota
Mendingo mendigo
Mortandela mortadela
Churiço chouriço

· Por pronúncia aberta ou fechada inadequadamente:

Dois ovo (pronúncia: ôvo) – dois ovos (pronúncia: óvos)

PROSÓDIA

É a parte da Fonética que trata da acentuação correta dos fonemas. Por conta dos mesmos fatores citados no item anterior, há inúmeras palavras que são escritas e pronunciadas incorretamente em relação à posição da sílaba tônica.

Pronúncias erradas Pronúncias corretas
Aerolito Aelito
Alacre álacre
Ambrosia ambrosia (assim como maresia)
Ávaro avaro
Azíago aziago
Benção bênção
Bimano bímano
Condor condor (assim como amor)
Cortex córtex
Crisantemo crisântemo
Décano decano
Especime espécime
Estrategia estratégia
Erúdito erudito
Fluído fluido
Fortuíto fortuito
Gratuíto gratuito
Habitat hábitat
íbere ibere
Latex látex
Lucifer lúcifer
Mister mister
Nóbel Nobel (assim como pastel)
Récorde recorde
Rúbrica rubrica

Algumas palavras admitem as duas colocações:

Boêmia - boemia
Xérox - Xerox
Ômega - Omega

Continue lendo:

  1. Erros Gramaticais comuns na Língua Portuguesa - Parte I
  2. Erros Gramaticais comuns na Língua Portuguesa - Parte II