Predicado verbal

Graduada em Letras-Português (UFSC, 2013)

Chamamos de predicado verbal quando o núcleo do predicado é um verbo ou uma locução verbal.

Exs.:

  • Caminhei com a minha mãe ontem.
  • Maria comprou muitas roupas naquela loja.
  • João e Maria estão brincando no balanço.

Os verbos dividem-se em intransitivos e transitivos (diretos ou indiretos).

Verbos intransitivos: São aqueles que não necessitam de um complemento e constituem o predicado sozinhos.

Exs.:

  • Pedro cantou.
  • Maria viajou.
  • O bebê de Maria nasceu ontem.
  • As flores desabrocharam.
  • Rita cantou na festa.

Observação: Mesmo não necessitando de um complemento, os verbos intransitivos podem vir acompanhados de alguns elementos, como no terceiro exemplo, acima. Contudo, esses elementos, chamados de predicativo ou adjuntos adverbiais, dentre outros, não fazem parte da predicação do verbo. Se o verbo é intransitivo, os elementos que o seguem não são seus complementos, mas sim outros termos.

Verbos transitivos: São os verbos que necessitam de um complemento, ou seja, não podem constituir o predicado sozinhos. Eles dividem-se em transitivos diretos, transitivos indiretos e transitivos diretos e indiretos.

1) Verbos transitivos diretos: São aqueles que necessitam de um complemento sem precisar de uma preposição. O seu complemento é chamado de objeto direto.

Exs.:

  • Maria comeu uma maçã.
  • Juliana comprou uma bolsa.
  • Carlos odeia chuchu.
  • Maria abraçou o Pedro.
  • Joana detesta aranhas.

2) Verbos transitivos indiretos: São aqueles que necessitam de um complemento, chamado de objeto indireto, e são ligados a seus complementos por meio de uma preposição.

Exs.:

  • Maria gosta de Pedro.
  • Você está sabendo de alguma coisa?
  • Douglas participou da reunião de condomínio.
  • A menina precisou de ajuda.

3) Verbos transitivos diretos e indiretos (bitransitivos): São os verbos que necessitam de dois complementos: um objeto direto, ou seja, complemento sem preposição; e um objeto indireto, complemento ligado ao verbo por preposição.

Exs.:

  • João colocou o livro na estante.
  • João deu um presente à Maria.
  • Maria mostrou suas joias à Sofia.
  • João emprestou o livro à Maria.
  • Marina ofereceu um bombom a uma criança.

Observação: O mesmo verbo pode ser usado ora transitivamente ora de forma intransitiva, dependendo do sentido da frase.

Exs.:

  • Deram onze horas. (intransitivo)
  • A macieira maçãs suculentas. (transitivo direto)

Bibliografia:
CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima gramática da língua portuguesa. 41 ed. São Paulo: Editora Nacional, 1998.
SOUZA, Jésus Barbosa de; CAMPEDELLI, Samira Youssef. Minigramática. 2 ed. São Paulo: Editora Saraiva, 2000.

Arquivado em: Português