Fonoaudiólogo

Por Thais Pacievitch
Fonoaudiólogo é aquele profissional da área de saúde, cuja missão é integrar equipes multidisciplinares onde são efetuados o diagnóstico fonoaudiológico, a prevenção, avaliação, e terapia das alterações da linguagem (fala, voz, audição, funções de mastigação, respiração, deglutição). Em sua formação ele recebe os conhecimentos das áreas das ciências básicas da saúde e humanísticas, necessárias para compreender o fenômeno da linguagem oral e suas patologias. Para exercer a profissão de fonoaudiólogo é preciso graduar-se no curso de Fonoaudiologia, cuja duração é de quatro anos e exige dedicação integral.

Este profissional deve possuir capacidade de interpretação e análise, alto poder de concentração, perseverança e sensibilidade. Das características desejáveis para o fonoaudiólogo podemos citar: paciência, criatividade, objetividade e bom relacionamento interpessoal.

Dentre as especializações e áreas de atuação deste profissional podemos destacar:

1 - Saúde Coletiva: promoção da saúde das crianças e adolescentes nos aspectos referentes à audição, fala, linguagem escrita e oral, motricidade orofacial, voz, proteção e promoção ao trabalhador (trabalhadores que convivem com muito barulho durante o seu expediente, voz de um professor, etc).

2 - Voz: estudo e pesquisa da voz, a promoção da saúde da boca, prevenção, diagnóstico e tratamento de possíveis alterações relativas à voz (rouquidão, voz áspera, etc), e aprimoramento da utilização de profissionais que trabalham usando a voz (cantores, radialistas, etc.).

3 - Linguagem: setor da fonoaudiologia que objetiva o estudo, prevenção, promoção, avaliação, diagnósticos e tratamentos de transtornos da linguagem (gagueira, por exemplo). Seu objetivo é o bem estar e a inclusão social da pessoa com algum tipo de distúrbio da linguagem.

4 - Motricidade Orofacial: parte da fonoaudiologia que estuda, pesquisa, promove, diagnostica, habilita, aperfeiçoa e reabilita os aspectos estruturais e funcionais das regiões cervical e orofacial (anomalia ou alteração craniofacial congênita ou adquirida, por exemplo).

5 - Audiologia: setor da fonoaudiologia encarregado da prevenção, promoção, diagnóstico e reabilitação da função vestibular e auditiva. O fonoaudiólogo com especialização nesta área avalia a função auditiva, recomenda, se necessário, a utilização de aparelho de amplificação sonora individual, implante coclear, etc.

Leia mais:

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.