Sanidade Mental

Mestrado em História (UFJF, 2013)
Graduação em História (UFJF, 2010)

Saúde Mental refere-se ao nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional das pessoas.

Ilustração: Lightspring / Shutterstock.com

Ilustração: Lightspring / Shutterstock.com

O padrão de abordagem dos fenômenos mentais que se diferenciam das manifestações comuns, desde o século XVII, foi tratar os portadores de diferentes manifestações com o isolamento. Pessoas identificadas com fenômenos mentais diversos sofriam com a segregação, com a exclusão de grupos sociais e, em casos mais extremos, eram até torturadas. Pretendia-se, assim, impedir a manifestação desses indivíduos.

Acontece, todavia, que o método de isolamento aos poucos foi sendo absorvido pelo conhecimento científico, ou, pelo menos, supostamente científico. As pessoas portadoras de manifestações mentais anormais continuaram a ser segregadas com o passar dos anos, mas os médicos passaram a usar essa exclusão social para estuda-los. Esses espaços de exclusão para tratamento ganharam espaço a partir da metade do século XX, porém só depois de muitos anos e séculos que se percebeu a ineficácia do método. Finalmente, a exclusão para tratamento foi entendida como prática desumana de tratamento, o que permitiu o avanço da psiquiatria.

Com o avanço da medicina, a psiquiatria desenvolveu métodos próprios e mais eficazes para o estudo e o tratamento do que passou a ser chamado de doença mental. Hoje, há tratamentos ambulatoriais que, a despeito do que foi praticado ao longo de vários anos, mostram-se muito mais eficientes e permitem ampliar a compreensão e as formas de tratamento para questões como a esquizofrenia, a depressão, o transtorno bipolar e tantas outras condições mentais. O tratamento é feito a base de medicamentos e de acompanhamento psicoterápico, um avanço muito grande nas condições humanas.

Foi somente com a humanização dos meios medicinais que os fenômenos mentais passaram a ser respeitados e compreendidos como condições humanas carentes de tratamento. As mentes foram identificadas com doenças mentais e passaram a receber tratamento no escopo do que atualmente se define como Saúde Mental, também chamada de Sanidade Mental. A Saúde Mental permite ao indivíduo apreciar a vida e equilibrar suas atividades e seus esforços para o melhor ganho. Embora a Organização Mundial de Saúde diga que não há uma definição oficial para o termo Saúde Mental, ela se manifesta através de questões culturais, julgamentos subjetivos e teorias que apresentam perspectivas sobre o assunto.

Fonte:
http://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1059

AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas para fins informacionais, não podendo, jamais, serem utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.
Arquivado em: Psiquiatria, Saúde